Sábado, 23 de Junho de 2018

O Repórter

Amanda Nunes nocauteia no Rio e segue campeã do UFC

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 13 de maio de 2018 às 03:15
Divulgação/UFC
Amanda Nunes venceu no UFC 224

RIO (OREPORTER.COM) - A brasileira Amanda Nunes brilhou na luta principal do UFC 224, realizado na Arena da Barra. Conhecida como "Leoa", a baiana nocauteou Raquel Pennington no quinto round e manteve o título de campeã da categoria feminina dos galos do Ultimate Fighting Championship.

Amanda foi superior contra a americana durante toda a luta. Com um bom arsenal de chutes, socos e joelhadas, a brasileira deu poucas chances para a americana. Já bastante ferida, Pennington não resistiu e veio a nocaute no quinto e último assalto.

“Foi muito importante para mim. Eu moro lá fora, mas defendo a bandeira do Brasil. Estou aqui para dividir esse cinturão com vocês hoje”, disse a "Leoa".

Com o resultado, Amanda Nunes acumulou a terceira defesa bem sucedida do cinturão dos galos. Um dos triunfos foi contra a americana Ronda Rousey.

Jacaré perde

Ronaldo Jacaré não se deu bem e acabou perdendo para o norte-americano Kelvin Gastelum no co-main event da noite. Foi um duelo equilibrado, com o brasileiro levando vantagem no chão durante o primeiro assalto. Já no segundo, o oponente chegou a aplicar um knockdown. O último e decisivo round foi com franca trocação, o que fez os jurados se dividirem na hora do resultado final.

Com a vitória sobre o então segundo colocado no ranking dos médios, Gastelum deve ficar um pouco mais perto de uma disputa por cinturão.

Belfort se aposenta com derrota

Já Vitor Belfort se despediu do MMA após ser nocauteado pelo compatriota Lyoto Machida. O carateca conseguiu o rresultado após um chute frontal durante o segundo assalto, vencendo a luta por nocaute.

“Muito respeito ao nosso Vitor Belfort. Ele fez muito pelo nosso esporte e merece muito respeito”, disse Machida que, próximo de completar 40 anos, não pensa em se aposentar como o seu oponente no octógono.

Além disso, Machida desafiou o inglês Michael Bisping, ex-campeão dos médios do UFC: “Michael Bisping, ainda estou esperando por você. Se você quiser se aposentar, vamos nos enfrentar primeiro”.

Todos os resultados

Amanda Nunes venceu Raquel Pennington por nocaute técnico aos 2m36s do 5º round;

Kelvin Gastelum venceu Ronaldo Souza por decisão dividida (29-28, 28-29, 29-28);

Mackenzie Dern venceu Amanda Cooper por finalização (mata-leão) aos 2m27s do 1º round;

John Lineker venceu Brian Kelleher por nocaute aos 3m43s do 3º round;

Lyoto Machida venceu Vitor Belfort por nocaute a 1m00s do 2º round;

Cezar Ferreira venceu Karl Roberson por finalização (katagatame) aos 4m45s do 1º round;

Aleksei Oleinik venceu Junior Albini por finalização (estrangulamento Ezequiel) a 1m45s do 1º round;

Davi Ramos venceu Nick Hein por finalização (mata-leão) aos 4m15s do 1º round;

Elizeu Zaleski dos Santos venceu Sean Strickland por nocaute aos 3m40s do 1º round;

Warlley Alves venceu Sultan Aliev por nocaute técnico ao fim do 2º round;

Jack Hermansson venceu Thales Leites por nocaute técnico aos 2m10s do 3º round;

Ramazan Emeev venceu Alberto Mina por decisão unânime (30-27, 30-27, 30-27);

Markus Perez venceu James Bochnovic por finalização (estrangulamento) aos 4m28s do 1º round.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: