Sábado, 22 de Setembro de 2018

O Repórter

Em luta dura, Cris Cyborg vence Holly Holm e segue campeã do UFC

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 31 de dezembro de 2017 às 09:30
Divulgação/UFC
Cyborg manteve o cinturão dos penas do UFC

LAS VEGAS, EUA (OREPORTER.COM) - Cris Cyborg é conhecida pelas vitórias avassaladoras do MMA, isso até encarar a americana Holly Holm. A brasileira conseguiu vencer a boxeadora na madrugada deste domingo (31), pelo UFC 219, após cinco rounds difíceis, e manteve o título dos penas do Ultimate Fighting Championship.

A americana não deu vida fácil para Cyborg. Holm obrigava a campeã a ficar na defensiva, se esquivando as investidas da adversária. Além disso, a americana teve momentos em que ficou no clinch, levando a brasileira para as grades.

Foi só a partir do terceiro round que Cris Cyborg passou a ter maior domínio. A brasileira acertou boas combinações de golpes, tirando a resistência da desafiante. Holm tentou dar suas combinações no quinto e último assalto, mas a campeã se defendeu e manteve o domínio.

Ao fim de cinco rounds, Cris Cyborg venceu por decisão unânime do júri (49-46, 48-47, 48-47). Após a luta, a brasileira projetou qual seria o seu próximo compromisso.

"Obrigado a Holly Holm. Ela é uma lutadora incrível e tive um ótimo momento com ela hoje. Gostaria de enfrentar agora a Megan Anderson e queria fazer isso na Austrália", declarou.

O UFC 219 também teve a participação de Edson Barboza, que encarou pelo russo Khabib Nurmagomedov. O brasileiro, porém, ficou em desvantagem nos três rounds e acabou sendo derrotado. O adversário conseguiu sua 25ª vitória na carreria, estando invicto no MMA.

No card preliminar, o brasileiro Matheus Nicolau derrotou Louis Smolka após os três rounds.

Veja todos os resultados:

CARD PRINCIPAL
Cris Cyborg derrotou Holly Holm por decisão unânime (49-46, 48-47, 48-47)
Khabib Nurmagomedov derrotou Edson Barboza por decisão unânime (30-25, 30-25, 30-24)
Dan Hooker derrotou Marc Diakiese por finalização (guilhotina) aos 42s do 3º round
Carla Esparza derrotou Cynthia Calvillo por decisão unânime (triplo 29-28)
Neil Magny derrotou Carlos Condit por decisão unânime (30-27, 30-27, 29-28)

CARD PRELIMINAR
Michal Oleksiejczuk derrotou Khalil Rountree por decisão unânime (triplo 30-27)
Myles Jury derrotou Rick Glenn por decisão unânime (triplo 30-27)
Omari Akhmedov e Marvin Vettori terminaram com um empate majoritário (28-28, 29-28, 28-28)
Matheus Nicolau derrotou Louis Smolka por decisão unânime (30-26, 30-26, 30-25)
Tim Elliott derrotou Mark de la Rosa por finalização (triângulo de mão) aos 1m41s do 2º round

 

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: