Quinta, 20 de Setembro de 2018

O Repórter

Justiça absolve cunhado de Ana Hickmann da acusação de homicídio

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 03 de abril de 2018 às 20:43
Reprodução
Ana Hickmann, Gustavo e Giovana Corrêa

BELO HORIZONTE (OREPORTER.COM) - A Justiça de Minas Gerais absolveu Gustavo Henrique Bello Correia, cunhado da apresentadora Ana Hickmann da acusação de homicídio doloso contra Rodrigo Augusto de Pádua. Segundo a juíza  Âmalin Aziz Sant’Ana, o réu agiu em legítima defesa.

O Ministério Público de Minas Gerais - através do promotor Francisco Santiago - havia pedido a condenação do acusado, chegando a alegar que houve um "excesso de legítima defesa". No entanto a juíza, titular do juízo sumariante do 2º Tribunal do Júri da capital mineira, disse que não houve dolo por parte do acusado. 

“Ficou demonstrado, durante a instrução do feito, que os disparos efetuados pelo réu foram sequenciais, e não efetuados da forma como narrado na denúncia, que dizia que isso ocorreu com a vítima já desfalecida no solo, impossibilitada de oferecer qualquer resistência”, afirmou a juíza na decisão.

Em maio de 2016, Rodrigo invadiu, armado, um hotel em Belo Horizonte onde Ana Hickmann estava hospedada com a família. O invaor disparou contra a mulher de Gustavo, Giovana Oliveira, que é assessora da apresentadora. O cunhado de Ana Hickmann reagiu e disparou três vezes contra Rodrigo.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: