Segunda, 23 de Outubro de 2017

O Repórter

Morre aos 68 anos o jornalista Wianey Carlet

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 29 de setembro de 2017 às 10:38
Divulgação

PORTO ALEGRE (OREPORTER.COM) - Morreu na madrugada desta sexta-feira (29), o jornalista Wianey Carlet, de 68 anos. Ele estava internado no Hospital São Francisco, em Porto Alegre, mas veio a óbito após complicações de uma cirurgia vascular nas pernas. 

De acordo com o Grupo Bandeirantes de Porto Alegre, onde trabalhava, a cirurgia foi bem sucedida, mas acabou evoluindo mal após alta na Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Wianey nasceu em Três Passos, norte do Rio Grande do Sul. Passou pela rádio e TV Difusora (atuais rádio e televisão Bandeirantes), mas se notabilizou pela atuação nos veículos do Grupo RBS. Foi comentarista da Rádio Gaúcha e colunista do jornal Zero Hora.

Em 2017, Wianey foi demitido da RBS após uma polêmica envolvendo um áudio no qual ele dizia que não sentia nada pelo colega Paulo Sant'Ana, falecido dias antes. Desde o final de agosto, ele estava trabalhando na Rádio Bandeirantes.

O jornalista ainda teve uma rápida passagem na política, quando ficou na suplência ao cargo de vereador pelo PMDB no ano de 1992.

Torcedor colorado

Wianey era torcedor apaixonado pelo Internacional e suas opiniões acabavam repercutindo nacionalmente. Em 2009, ele escreveu uma coluna comparando Lionel Messi, estrela do Barcelona, com Taison, jovem revelação do time colorado. O texto é lembrado até hoje pelos internautas.

O jornalista também já fez elogios ao atacante Leandro Damião, dizendo que ele seria reconhecido mundialmente. Em 2015, escreveu 19 colunas cobrando a demissão de Diego Aguirre do comando técnico da equipe colorada.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: