Segunda, 23 de Outubro de 2017

O Repórter

Papa Francisco doa mais de R$ 11 milhões para pagar dívidas da JMJ no Rio

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação - 03 de janeiro de 2014 às 17:54 (Atualizada em 03 de janeiro de 2014 às 17:10)

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER) - O Papa Francisco prometeu e cumpriu. Ao saber da dívida que a Igreja do Rio contraiu por causa dos gastos extras com a Jornada Mundial da Juventude, o pontífice se comprometeu a enviar uma ajuda em dinheiro para a amenizar a dívida que chegou a ser estimada em R$ 90 milhões. A  Arquidiocese do Rio chegou a vender um prédio em São Cristóvão, na zona norte da cidade, para a Rede D'Or de hospitais por R$ 46 milhões.

Neste mês de janeiro, o gesto de Francisco se concretizou com uma doação de R$ 11,7 milhões. O dinheiro chega para ajudar a saldar parte dos investimentos que fizeram a grande festa de fé em Copacabana. A iniciativa da doação partiu do próprio papa, como esclareceu uma nota emitida pelo Comitê Organizador Local da Jornada.

"Quando o Papa Francisco esteve no Rio, em julho de 2013, ficou bem impressionado com tudo que experimentou naqueles dias, manifestando a intenção de contribuir financeiramente com a Jornada Mundial da Juventude. Foi uma iniciativa que partiu dele, reconhecendo a importância da JMJ para a juventude, a sociedade e a Igreja“.

A dívida remanescente da JMJ é de 43 milhões de reais e além de uma conta no banco Itaú ter sido aberta (conta corrente 20130-5, agência 0204) para que os fiéis possam ajudar a Igreja do Rio quitar o saldo devedor, ainda há produtos a venda, lançados pela JMJ,como DVDs e CDs.

Outras doações podem ser feitas pelo site: www.doarjmj.com.br.

Tags:
papa, JMJ, JMJ-Rio, Jornada Mundial da Juventude, Igreja Católica, Papa Francisco
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: