Terça, 24 de Outubro de 2017

O Repórter

Marcelo Fernandes

É assessor de investimentos, formado em Administração e tem sua carreira desenvolvida na área financeira. É pós-graduado em Direito Fiscal, pela PUC, Direito Tributário, pela UERJ e Mercado de Capitais, pela ANBIMA. Presta assessoria de investimentos, cursos e palestras e promete apresentar o lado mais claro da Economia, neste espaço.
Marcelo Fernandes

A 'cereja do bolo' em sua carteira de investimentos

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Marcelo Fernandes - 18 de novembro de 2013 às 10:39
reprodução

Quando se pensa em investimentos, de forma natural vem à mente dois lados extremos, que seriam: do lado mais conservador, a renda fixa, e do outro lado mais arrojado, a renda variável, que compreendem as operações no mercado de ações, em bolsa de valores. Mas entre estes dois extremos podemos explorar ainda uma outra alternativa, um meio termo entre eles, da qual chamo de a “cereja do bolo”.

O próprio termo renda fixa remete a uma falsa sensação de que o dinheiro aplicado está livre de riscos, e também com seus rendimentos garantidos, porém na pratica não funciona bem assim. Em situações especificas os títulos de renda fixa podem ter sim rendimento negativo em um determinado período de tempo.

Já ao se falar sobre mercado de ações, surgem muitas emoções, que vão da curiosidade ao medo, passando por relações de amor e ódio, dependendo da experiência que já se tenha tido com este mercado. Mas o objetivo deste texto, não é de explorar a renda variável, tão pouco a renda fixa, o objetivo é de apresentar a “cereja do Bolo”, que consideramos ser uma categoria de fundos de investimentos chamada de Multimercado.

Por aqui no Brasil, apesar de serem pouco explorados pelo investidor, os  multimercado, se destacam em segundo lugar na lista de aplicações feitas por investidores, de acordo com a ANBIMA, mas ninguém precisa ser milionário para aplicar nestes fundos, pois existem boas opções no mercado, com aplicação mínima a partir de 5.000,00 reais.

Mas afinal, em que estes fundos aplicam seu patrimônio? A resposta é bem simples, nos mais variados mercados, como por exemplo: Renda fixa, renda variável, câmbio, juros, ouro, commodities e todas as estratégias embutidas dentro destes mercados..

Sendo assim, antes de decidir onde aplicar seu dinheiro, procure novas opções e de mais atenção aos fundos multimercado disponíveis, pois eles podem ser a forma mais fácil de melhorar a relação entre risco e retorno da sua carteira de investimentos, proporcionando um rendimento maior, sem com isso, correr grandes riscos como na renda variável.