Sábado, 14 de Dezembro de 2019

O Repórter

Em São Paulo, Hamilton fala sobre hexacampeonato e faz reverência a Senna

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 13 de novembro de 2019 às 19:47 (Atualizada em 16 de novembro de 2019 às 14:17)
Amanda Perobelli/Reprodução/Agência Brasil
Lewis Hamilton conquistou o hexacampeonato de Fórmula 1

RIO (OREPORTER.COM) - Lewis Hamilton já está em São Paulo para o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1. O piloto britânico chega a Interlagos como hexacampeão antecipado da categoria, se tornando uma das lendas do automobilismo mundial.

Em suas primeiras palavras no Brasil, Hamilton disse que suas metas iniciais eram bem mais modestas, embora tão ambiciosas quanto. Sua inspiração sempre foi Ayrton Senna e, portanto, sua meta era manter o legado do brasileiro tricmapeão de Fórmula 1.

"Sempre fui motivado e impulsionado pela lenda do Ayrton. Até hoje sinto falta de assistí-lo nas corridas. Sempre quis chegar aos três títulos mundiais, que é um sonho. É como  em uma prova de revezamento: quando alguém te passa o bastão, você tem de continuar.  Acho que tenho que ampliar o legado de Ayrton", disse.

Sobre ultrapassar Michael Schumacher como maior campeão da história, Hamilton não esconde que busca ser campeão mais uma vez. No entanto, ele reconhece que as disputas seguirão bem equilibradas

"Já estou com seis títulos, não vou parar tão cedo. Quero viver o momento. Claro que tem que sonhar, mas é muito recente. Já estou em outra corrida, tenho que pensar nas outras duas corridas. Claro que quero ganhar mais um campeonato, estou muito determinado. No ano que vem, a briga vai ser mais acirrada. Quero continuar até acabar a minha carreira", declarou.

Hamilton possui seis títulos na Fórmula 1 e 83 vitórias. O britânico pode sonhar em ultrapassar também o recorde de vitórias da Fórmula - 91, de Michael Schumacher. Ainda assim, ele não se vê como o maior da história e faz questão de tamb´[em falar sobre sua equipe.

"Esse esporte é bastante complicado. Quando se vê o tênis, é um cara segurando uma raquete, jogando com outro adversário. Temos quase  2.000 pessoas na equipe. Se não tivermos a melhor equipe, eu não teria alcaçado o que alcancei", ressaltou o britânico.

Foi em Interlagos que Hamilton conquistou o título de 2008. Para o britânico, trata-se de um circuito com "corridas clássicas". Para ele, não é necessária a intetnção em mudar o local do Grande Prêmio do Brasil para o Rio de Janeiro - há um projeto de construção de uma pista em Deodoro.

"Já temos um circuito histórico. Não é preciso cortar mais árvores. Acho que o dinheiro pode ser usado para coisas melhores", declarou.

O Grande Prêmio do Brasil será realizado neste fim de semana, com o treino oficial marcado para sábado (16). A corrida será no domingo (17). 

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: