Domingo, 28 de Novembro de 2021

O Repórter

Amanda Nunes vence Felicia Spencer e segue campeã dos penas do UFC

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 07 de junho de 2020 às 07:00 (Atualizada em 07 de junho de 2020 às 20:27)
Divulgação/UFC
Amanda Nunes venceu no UFC 250

LAS VEGAS, EUA (OREPORTER.COM) - Amanda Nunes segue soberana. Na madrugada deste domingo (7), a brasileira venceu a canadense Felicia Spencer e se manteve como campeã dos penas do Ultimate Fighting Championship. Dessa forma, a Leoa torna-se a primeira pessoa a defender dois títulos de maneira simultânea, pois também é a detentoria do cinturão dos galos.

As duas fizeram a luta principal do UFC 250, realizado a portões fechados em Las Vegas. Amanda viu Felicia apostar na curta distância, mas logo a brasileira conseguiu se desvincilhar, além de conseguir seus golpes. Logo, a canadense já estava com um ferimento no olho direito. A Leoa ainda conseguiu jogar a oponente no chão, se posicionando bem e dando poucas chances para a canadense.

Felicia Spencer começou o segundo round golpeando o rosto da campeã. A brasileira, porém, seguia melhor, controlando o ritmo da luta, além de mandar a desafiante para o solo. A canadense se levantou, mas viu a brasileira se manter com superioridade.

No terceiro assalto, Amanda Nunes voltou a golpear, enquanto que a desafiante resistia ás investidas. A brasileira ainda conseguiu uma queda e, de volta ao duelo em pé, aplicava golpes na cabeça e na linha de cintura. Restou para a desafiante levar o rond até o fim.

Amanda Nunes continuou a mostrar o seu arsenal de golpes no quarto assalto, além de buscar as quedas contra a adversária. A desafiante resistiu bastante, até que uma sequência a derrubou. A Leoa ainda tentou um mata-leão, mas não restava tempo.

No último assalto, Amanda Nunes mandou a desafiante para o solo e aplicou várias cotoveladas. Com o rosto bastante ferido, a canadense ficou de pé. Na reta final, o árbitro chegou a pedir uma avaliação médica, mas a desafiante foi liberada a lutar os últimos 54 segundos de combate. Mas não restou muita coisa, e a brasileira foi declarada a vencedora por decisão unânime (50-44, 50-44 e 50-45).

Amanda Nunes fez a sua primeira defesa de cinturão dos penas. Ela conquistou o título ao vencedr Cris Cyborg, em 2018. A brasileira não sabe o que é perder desde 2014.

Brasileiros

Raphael Assunção não se deu bem no duelo contra Cody Garbrandt, acumulando sua terceira derrota seguida na carreira. Ele perdeu ao ser golpeado no último segundo do segundo round, sendo levado a nocaute de imediato.

No card preiminar, Herbert Burns foi o responsável por fazer a luta de abertura do UFC 250. Ele derrotou Evan Dunham ainda no primeiro round, com uma finalização. O brasileiro conseguiu espaço para ir ao solo, encaixar um mata-leão e vencer com 1min20s de luta.

Outro brasileiro que esteve presente foi Jussier Formiga. Ele perdeu para Alex Perez aos 4m06s do primeiro assalto, sofrendo a terceira derrota seguida.

Todos os resultados

CARD PRINCIPAL

Amanda Nunes venceu Felicia Spencer por decisão unânime (50-44, 50-44 e 50-45)

Cody Garbrandt venceu Raphael Assunção por nocaute aos 4m59s do 2º round

Aljamain Sterling venceu Cory Sandhagen por finalização a 1m28s do 1º round

Neil Magny venceu Anthony Rocco Martin por decisão unânime do júri (30-27, 30-27 e 29-28)

Sean O'Malley venceu Eddie Wineland por nocaute a 1m54s do 1º round

CARD PRELIMINAR

Alex Caceres venceu Chase Hooper por decisão unânime do júri (triplo 30-27)

Ian Heinisch venceu Gerald Meerschaert por nocaute técnico a 1m14s do 1º round

Cody Stamann venceu Brian Kelleher por decisão unânime do júri (triplo 30-27)

Maki Pitolo venceu Charles Byrd por nocaute técnico a 1m10s do 2º round

Alex Perez venceu Jussier Formiga por nocaute técnico aos 4m06s do 1º round

Devin Clark venceu Alonzo Menifield por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)

Herbert Burns venceu Evan Dunham por finalização a 1m20s do 1º round

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: