Sábado, 21 de Setembro de 2019

O Repórter

Após Parapan, nadadores do Brasil disputam Mundial Paralímpico em Londres

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 04 de setembro de 2019 às 19:48
Ale Cabral/CPB
Daniel Dias é um dos nadadores que estarão no Mundial Paralímpico

LONDRES, ING (OREPORTER.COM) - Após o sucesso nos Jogos Parapan-Americados, os nadadores do Brasil já tem mais um desafio. A partir do dia 9, a delegação verde e amarela disputa, em Londres, o Campeonato Mundial Paralímpico, que será realizado até o dia 15.

A viagem dos nadadores brasileiros aconteceu logo após o Parapan, no dia 1. Vinte e três atletas que competirão no Mundial participaram da competição continental, realizada em Lima, no Peru. Quem completa a Seleção em Londres é o carioca Caio Amorim, da classe S8. No Parapan de Lima, a modalidade contou com 40 nadadores, que conquistaram 127 medalhas, sendo 53 ouros, 45 pratas e 29 bronzes. A natação foi o esporte que mais contribuiu para a performance histórica do Brasil.

“A expectativa para esse Mundial é grande. Será uma competição muito forte, talvez o Mundial mais forte que já aconteceu. Os atletas vieram de uma semana bem intensa em Lima. Eles nadaram muitas provas, tiveram um desgaste grande. Então o principal nesta semana pré-Mundial é recuperá-los, ajustar algo que falta, dar um último descanso, para quando o Mundial começar, eles consigam estar em sua melhor performance para brigar por finais e medalhas”, comentou Leonardo Tomasello, técnico-chefe da natação do Comitê Paralímpico Brasileiro

Cerca de 600 nadadores de 60 países são esperados na competição, que dá aos países a alocação de vagas nos Jogos Paralímpicos de Tóquio, no próximo ano. Os atletas que ficarem entre os dois primeiros em suas respectivas provas garantem um lugar à sua nação na Paralimpíada. Cada nadador poderá acumular apenas um posto para o seu país. 

A última edição do Mundial aconteceu na Cidade do México, em 2017, e o Brasil terminou na quarta colocação no quadro-geral, com 36 medalhas: foram 18 de ouro, nove de prata e nove de bronze.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: