Sexta, 03 de Dezembro de 2021

O Repórter

Associação de jogadores critica realização da Copa a cada 2 anos

Baer-Hoffmann criticou a ¨falta de visão global¨ das entidades

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação - 05 de outubro de 2021 às 10:50 (Atualizada em 05 de outubro de 2021 às 10:52)
Ansa
Mbappé celebrando o título da Copa do Mundo de 2018, na Rússia

ROMA (ANSA) - A Federação Internacional das Associações de Jogadores Profissionais (FifPro) criticou nesta terça-feira (5) a "falta de visão global" da Fifa sobre a ideia de disputar a Copa do Mundo a cada dois anos.

Jonas Baer-Hoffmann, secretário-geral da FifPro, denunciou que esses debates são orientados apenas por "interesses comerciais".

Durante um evento, Baer-Hoffmann ainda pediu uma reforma "razoável e eficaz" do calendário para aliviar a carga de trabalho dos jogadores, que pode aumentar o risco de lesões.

"Há uma falta absoluta de visão global e liderança por parte da maioria das instituições. As propostas boas, más ou horríveis para o futebol levantam poucas discussões ou consultas, porque tudo está alinhado com os interesses comerciais. Isso realmente mina as chances de fazer uma reforma sensata e eficaz", declarou o secretário-geral da FifPro.

O dirigente, por outro lado, disse ser a favor de "condensar as janelas internacionais", como já foi proposto pela Fifa, que tem como objetivo reduzir as viagens para poupar os atletas.

A Fifa vem organizando diversas consultas para tentar mudar o calendário de partidas internacionais femininas e masculinas, que expiram no final de 2023 e 2024, respectivamente. Uma das ideias da entidade é organizar a Copa do Mundo a cada dois anos.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: