Terça, 30 de Novembro de 2021

O Repórter

Athletico-PR elimina o Flamengo da Copa do Brasil em pleno Maracanã

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação - 27 de outubro de 2021 às 23:50 (Atualizada em 28 de outubro de 2021 às 00:05)
Dhavid Normando

RIO (OREPORTER.COM) - O Flamengo deu adeus à Copa do Brasil na noite desta quarta-feira (27) com um nó tático dado pelo Athletico-PR dentro do Maracanã. O time de Renato Gaúcho abusou de perder gol e viu Diego Alves buscar a bola em sua própria rede em três oportunidades.

O Rubro-negro deu adeus à competição diante de sua torcida, já que no primeiro jogo, em Curitiba, houve empate em 2 a 2. O Flamengo precisa juntar os cacos, pois já volta a campo no próximo sábado para enfrentar outro jogo difícil, diante do Atlético-MG, no Maracanã, desta vez pelo Campeonato Brasileiro.

O JOGO

Os times ainda se estudavam quando Filipe Luís disputou a bola com Renato Kayzer dentro da área rubro-negra e o árbitro marcou pênalti, depois de consultar o var. Após longa paralisação, Nikão cobrou bem e abriu o marcador aos 10 minutos. O Flamengo sentiu o gol mas, com apoio da Nação, retomou a iniciativa do jogo e partiu em busca do empate. Primeiro Bruno Henrique e depois Léo Pereira perderam chances claras de gol.

O Athletico jogava todo recuado, congestionando a sua intermediária e dificultando a troca de passes do Flamengo no setor ofensivo. A pressão aumentou e aos 32 o árbitro marcou pênalti de Thiago Heleno em Bruno Henrique. Mas após consultar o var, anulou a penalidade. Aos 40, o mesmo Bruno Henrique acertou  belo voleio e Santos segurou firme.



Com tantas paradas, o primeiro tempo foi até aos 55 minutos. E aos 52, num contra-ataque, Nikão bateu por baixo de Diego Alves e  aumentou para 2 a 0. Antes do intervalo, Isla deixou Andreas livre na área para diminuir, mas o chute saiu por cima,

Renato Gaúcho tirou Diego no intervalo e pôs Michael bem aberto pela esquerda e o baixinho pôs fogo no jogo. Logo no primeiro minuto Bruno Henrique recebeu de Michael e quase empata. Aos sete, Michael fez jogada individual e quase marca um gol antológico após driblar quatro adversários. Santos fez grande defesa e a bola ainda bateu no travessão..Michael criou ainda boas chances para Gabi e Everton Ribeiro, que não aproveitaram. Aos 17 foi Gabi quem perdeu ótima oportunidade.

A pressão continuou até o fim. O Athletico ainda teve Khelvven expulso aos 35. Mas mesmo com um homem a mais o rubro-negro não diminuiu. Pelo contrário, ainda levou o terceiro de Zé Ivaldo, aos 43.

FICHA TÉCNICA

FLAMENGO: Diego Alves, Isla (Matheuzinho), Rodrigo Caio, Léo Pereira e Filipe Luís (Ramon); Willian Arão (Vitinho), Diego (Michael), Andreas Pereira e Everton Ribeiro Kenedy); Gabi e Bruno Henrique.

TÉCNICO: Renato Gaúcho

ATHLETICO-PR: Santos, Pedro Henrique (Zé Ivaldo), Thiago Heleno e Nico; Marcinho (Khelvven), Erick, Léo Citadini, Nikão e Abner; Renato Kayser (Christina) e Terans (Pedro Rocha).

TÉCNICO: Alberto Valentim

JUIZ: Wilson Pereira Sampaio
GOLS: Primeiro Tempo, Nikão (pênalti) aos 10 e aos 52 minutos. Segundo tempo, Zé Ivaldo aos 43 minutos.
CARTÕES AMARELOS: Willian Arão, Erick, Renato Kayser, Khelvven, Kennedy
CARTÃO VERMELHO: Khelvven

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: