Quarta, 08 de Dezembro de 2021

O Repórter

Atletismo: Thiago Braz da Silva e Izabela Rodrigues vão às finais em Tóquio

Brasileiros avançaram nas disputas do salto com vara e do lançamento do disco

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 31 de julho de 2021 às 00:38 (Atualizada em 31 de julho de 2021 às 05:45)
Wagner Carmo/CBAt
Thiago Braz disputou as eliminatórias do salto com vara

TÓQUIO, JAP (OREPORTER.COM) - O Brasil garantiu presença em mais duas finais no atletismo dos Jogos Olímpicos de Tóquio. Campeão em 2016 no salto com vara, Thiago Braz avançou à decisão de sua modalidade no Japão. Já Izabela Rodrigues está na disputa do lançamento de disco.

Braz obteve a marca de 5,75m, conseguindo a oitava posição no geral. A final será disputada a partir das 7:20 da terça-feira (3/8). “Estou muito feliz por estar na final, mas não foi nada fácil. Senti cãibras nas duas panturrilhas”, contou o campeão olímpico.

“Agora o foco total é para a final e espero fazer uma boa competição. A qualificação é sempre nervosa, mas acabou dando tudo certo. Na final, espero fazer um ótimo salto. Tudo depende do início de prova, de sentir o ambiente e aquela sensação da final, fora ajustar o aquecimento. A minha cabeça está voltada para repetir os ótimos saltos que fiz nos treinos, tentar ao máximo", afirmou.

Augusto Dutra tambpem esteve presente na prova ao conseguir 5,65m. Na 16º posição no geral, ele ficou de fora da decisão. “Foi uma prova complicada, mas fiquei contente. Tentei fazer o melhor. Na última tentativa fiz um bom salto, mas infelizmente caí em cima do sarrafo”, lembrou.

No lançamento de disco, Izabela Rodrigues conseguiu a última vaga para a final na qualificação, terminando na 12ª posição, com 61,52 m. “Estou muito feliz e ganhei o melhor presente possível de aniversário”, disse a paulista, que completa 26 anos na segunda-feira (2/8), quando voltará ao Estádio Olímpico para a final. “Estreei na Olimpíada tranquila demais, até estranhei. Espero estar assim também na segunda-feira.”

O Brasil teve outras duas atletas no disco. Andressa Oliveira Morais ficou em 21º no geral, com 58,90m. Já Fernanda Borges marcou 57,90m e ficou na 24ª posição geral.

Chayenne Pereira da Silva disputou as eliminatórias dos 400 metros com barreiras, conseguindo o tempo de 57s55. “Cheguei aqui sem saber de nada, tudo muito novo. Estava nervosa”, disse a atleta, de 21 anos. “Com certeza, estarei com outra cabeça nos Jogos de Paris-2024.”

Thiago André não conseguiu avançar para as semifinais dos 800 metros ao marcar 1min47s75, ficando na 39ª posição geral. Já nos 100 metros com barreiras, Ketiley Batista fezs 13s40 e não passou para a semifinal. 

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: