Sexta, 14 de Agosto de 2020

O Repórter

Bilharinho e Pantoja falam sobre a expectativa para duelo pelo cinturão dos galos do Jungle Fight

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 19 de novembro de 2013 às 21:01

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER) - Jonas Bilharinho e Alberto “Striker” Pantoja disputam neste sábado (16), o título interino dos galos do Jungle Fight. A luta será realizada em Campos dos Gotacazes, no ginásio Waldir Pereira (Didi). O evento 61 da organização começará às 22 horas.

Motivado com a oportunidade de disputar o cinturão interino da organização, Jonas Bilharinho disse estar em ótimas condições para o combate.

“Estou me sentindo muito bem. Fiz uma boa preparação e estou muito contente com a oportunidade de disputar esse cinturão interino. Essa semana antes da luta é uma época difícil por conta da perda de peso, mas estou muito confiante em mais uma vitória”.

Invicto na carreira, Bilharinho falou sobre o adversário e deixou claro que sua intenção é disputar em breve o título contra Mário Israel.

“Procurei estudar um pouco o jogo do Pantoja, vi que é um adversário perigoso, mas fiquei um pouquinho frustrado com o fato de não poder enfrentar o Moicano. Quero muito vencer esta luta e enfrentar o Mário Israel. Estou bastante focado neste cinturão”, disse o lutador do Team Nogueira.

Natural de Belém (PA), Alberto “Striker” Pantoja entrará no cage da organização com a missão de representar a cidade de Campos dos Goytacazes (RJ), local que o acolheu há quatro meses.

“Foi uma surpresa especial, já vinha me preparando, mas não esperava lutar pelo cinturão. Fiquei muito feliz com essa chance. Campos é uma ótima cidade, e é uma ótima oportunidade de retribuir o carinho de todos que me acolheram aqui e trazer essa conquista para cá”, declarou.

Apesar de ser estreante na maior organização de MMA da América Latina, Pantoja, que tem em seu cartel 12 vitórias e oito derrotas, garante não sentir a pressão e projeta um duelo duro contra Bilharinho.

“Ele é muito bom na trocação, é um cara pegador, mas eu já estava treinando antes e estou muito mais motivado. Espero manter a minha tranquilidade, estou bem treinado e tenho certeza que vai ser uma luta dura”, concluiu.

O card do show sofreu mais uma baixa nesta semana. Gabriel Silva, atleta da X-Gym, que estava escalado para fazer a co-luta principal da noite contra Patrick Tavares, da Nova União,teve de ser retirado do evento por conta de uma lesão. Alan Miguel, da Berg Fight, foi anunciado como o substituto.

Tags:
Jungle Fight, MMA
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: