Segunda, 17 de Janeiro de 2022

O Repórter

Botafogo apenas empata com o Unión Española na Libertadores

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 26 de fevereiro de 2014 às 21:40

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER) - Em seu segundo compromisso fora de casa pela Taça Libertadores da América, o Botafogo apenas empatou com o Unión Española por 1 a 1. O jogo foi realizado em Santiago, capital do Chile.

A primeira partida fora de casa do Botafogo foi a derrota para o Deportivo Quito na etsreia da competição, pela fase preliminar. Depois, o alvinegro venceu o time equatoriano no jogo de volta e ainda derrotou o San Lorenzo na primeira rodada da fase de grupos. Essas duas partidas foram feitas no Maracanã.

Com esse resultado, o Botafogo vai a quatro pontos e aparece na liderança do grupo 2. O Unión Española tem dois pontos e está em segundo.

O próximo compromisso do Botafogo na Libertadores também será fora de casa. No dia 12 de março, o alvinegro vai ao Equador para enfrentar o Independiente del Valle.

A partida

O Botafogo teve um início difícil de partida. A equipe teve bastante dificuldade para chegar ao ataque e não conseguia chances de gols. Ao contrário do jogo contra o San Lorenzo, o ataque formado por Wallyson e Ferreyra teve um desempenho abaixo do esperado.

Aos poucos, o time começou a se soltar a arriscar lances ao gol. Aos 15 minutos, Jorge Wagner mandou um forte chute e a bola foi para fora.

O time seguia buscando espaços no campo de ataque para chegar perto do gol. Aos 21, Edilson veio pela direita e mandou o chute. A bola foi desviada e foi para a linha de fundo.

Enquanto isso, o Unión Española pouco fazia em campo, sem fazer grandes finalizações para o gol de Jefferson. O melhor lance da equipe chilena foi aos 27, com tentativa de Salom para defesa do goleiro alvinegro.

O domínio das ações de ataque seguia com o Botafogo, que teve mais uma chance para abrir o placar. Aos 35, Jorge Wagner chutou e o goleiro Senchéz rebateu. Ferreyra pegou o rebote e o goleiro do Unión Española não deixou a bola passar.

Nos minutos finais da primeira etapa, o Botafogo se manteve no campo de ataque, mas não chegou ao gol. Para o tempo complementar, o técnico Eduardo Hungaro manteve a mesma formação.

O panorama do começo do segundo tempo foi semelhante ao que aconteceu na primeira etapa. O Unión Española pouco chegava ao ataque, enquanto o Botafogo tinha dificuldade para criar as jogadas. A equipe alvinegra ainda fez uma alteração ao tirar Gabriel para colocar Bolatti.

Aos 15, o alvinegro teve uma chance para abrir o placar. Wallyson mandou a bola para Lodeiro chutar ao gol. A bola apenas passou perto da meta.

Já o Unión Española teve mais sorte que o Botafogo e conseguiu abrir o placar em Santiago. Aos 30, Chávez recebeu a bola de Campos para depois balançar as redes.

Em desvantagem no marcador, o Botafogo teve que correr contra o tempo para não sofrer sua primeira derrota na fase de grupos. O time foi para a ofensiva e o técnico Eduardo Hungaro colocou Henrique no lugar de Jorge Wagner.

O alvinegro ficou bem perto de marcar aos 35 minutos. Ferreyra recebeu a bola, tentou achar espaço diante do goleiro e fez o chute. Sanchez parecia estar vencido no lance, mas conseguiu afastar a bola.

Aos 41, o argentino buscou o empate. Edilson acertou o cruzamento para Ferreyra, que marcou de cabeça.

O Botafogo tentou buscar a virada nos minutos finais de partida, mas teve que se contentar com o empate em seu segundo compromisso fora de casa na Taça Libertadores da América.

FICHA TÉCNICA
UNIÓN ESPAÑOLA-CHL 1 X 1 BOTAFOGO-BRA

Local: Estádio Santa Laura, Santiago
Árbitro: Juan Soto (VEN)
Auxiliares: Luis Sanchez (VEN) e Jairo Romero (VEN)
Cartões amarelos: Pavez (UNI); Edilson, Ferreyra e Marcelo Mattos (BOT)

Gols: Chávez (UNI) e Ferreyra (BOT)

UNIÓN ESPAÑOLA: Sanchez; Miranda, Ampuero, Navarrete e Berardo; Pavez, Faravelli e Chávez; Jaime, Salom e Campos. Técnico: Jose Luis Sierra.

BOTAFOGO: Jefferson; Edilson, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel (Bolatti), Jorge Wagner (Henrique) e Lodeiro; Wallyson (Daniel) e Ferreyra. Técnico: Eduardo Hungaro

Tags:
Botafogo, Unión Española, Taça Libertadores
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: