Sábado, 16 de Outubro de 2021

O Repórter

Botafogo fica no 0 a 0 contra o Cruzeiro na Série B

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 13 de outubro de 2021 às 00:03 (Atualizada em 13 de outubro de 2021 às 12:01)
Bruno Haddad/Cruzeiro
Cruzeiro e Botafogo jogaram no Independência

RIO (OREPORTER.COM) - O Botafogo sofreu forte pressão, mas resistiu e ficou no 0 a 0 contra o Cruzeiro, nesta terça-feira (12), pela 30ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. A partida foi realizada no Independência.

Quem começou atacando foi a equipe mineira, anfitriã da disputa. Logo aos dois minutos da etapa inicial, Vitor Leque arriscou um chute e mandou pelo lado de fora da rede. Outra tentativa do jogador veio aos nove, após receber a bola de Rômulo e chutar novamente para fora. 

Aos 19, o Cruzeiro tentou mais uma vez. Thiago veio de cabeça e obrigou o goleiro Diego Loreiro a trabalhar. Já aos 20, foi a vez de Léo Santos arriscar a cabeçada, para fora. 

O Botafogo buscava girar a bola no decorrer do primeiro tempo, mas teve dificuldades em avançar para o ataque. Para piorar, o alvinegro não produziu uma finalização sequer durante o primeiro tempo. 

Por sua vez, o Cruzeiro voltou a produzir jogadas na reta final do primeiro tempo. Aos 46, Giovanni cobrou falta, o goleiro rebateu, e Vitor Leque chutou para fora. Já aos 49, Giovanni cobrou escanteio, e Léo Santos cabeceou para fora.

O Botafogo só foi tentar fazer alguma coisa na etapa complementar. Aos nove, Chay cobrou escanteio, Rafael Navarro cabeceou e Fábio fez a defesa. A equipe alvinegra teve uma chance perdida aos 12, quando Diego Gonçalves chutou cruzado, e Rafael Navarro não conseguiu completar.

Aos 16, o Cruzeiro tentou com Giovanni, que chutou cruzado para a defesa de Diego Loureiro. Outra chance veio aos 18, com chute para fora de Diego Roque. Já aos 25, Rafael Sóbis deu um forte chute, obrigando o goleiro do Botafogo a trabalhar,

O Cruzeiro seguiu melhor na partida e teve chance perigosa aos 26. Adriano cruzou, Carli quase jogou contra o próprio gol, e Brock pegou o rebote, mas chutou para fora.

A forte pressão do Cruzeiro seguiu nos 15 minutos finais da partida. Aos 35, Lucas Ventura arriscou de fora da área, com defesa de Diego Loureiro. Aos 41, Léo Santos cabeceou após escanteio e mandou a bola para fora. 

Já o Botafogo tentou sair ao ataque nos acréscimos, mas o Cruzeiro segurou a bola no campo ofensivo e garantiu o 0 a 0.

Tabela

O Botafogo agora tem 52 pontos e segue em segundo lugar na tabela, mas a equipe carioca perdeu a chance de assumir a liderança da competição ainda que de maneira provisória. O Cruzeiro tem 39 pontos e está em 11º, longe da zona de acesso à Série A.

Na próxima quarta-feira (20), o Botafogo encara o Brusque. Já o Cruzeiro joga na sexta-feira que vem (22), contra o Avaí.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO 0 X 0 BOTAFOGO

Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Denis da Silva Ribeiro Serafim (AL)
Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque (AL) e Brigida Cirilo Ferreira (AL)
VAR: Jose Claudio Rocha Filho (SP)

Cartões amarelos: Fábio, Giovanni, Eduardo Brock e Adriano (CRU) e Joel Carli e Carlinhos (BOT)

CRUZEIRO: Fábio; Rômulo, Eduardo Brock, Léo Santos e Matheus Pereira; Adriano (Marco Antônio), Lucas Ventura e Giovanni (Claudinho); Bruno José (Vitor Roque e depois Keké), Vitor (Rafael Sobis) e Thiago. Técnico: Vanderlei Luxemburgo.

BOTAFOGO: Diego Loureiro; Jonathan, Joel Carli, Kanu e Jonathan Silva (Carlinhos); Barreto, Pedro Castro e Chay (Luiz Henrique); Marco Antônio (Diego Gonçalves), Warley (Luís Oyama) e Rafael Navarro (Rafael Navarro). Técnico: Enderson Moreira

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: