Sábado, 16 de Novembro de 2019

O Repórter

Botafogo vence o CSA em casa e respira na tabela do Brasileirão

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 21 de outubro de 2019 às 22:15 (Atualizada em 21 de outubro de 2019 às 23:00)
Vitor Silva/Botafogo
Igor Cásiso garantiu a vitória para o Botafogo

RIO (OREPORTER.COM) - Precisando de uma vitória para não flertar com o Z-4, o Botafogo conquistou importantes três pontos na noite desta segunda-feira (21). A equipe alvinegra derrotou o CSA por 2 a 1, no Nilton Santos, pelo fechamento da 27ª rodada, voltando a vencer após dois jogos.

O Botafogo começou com a posse de bola, mas demorou para conseguir uma chance de gol. Mas, para a sorte do alvinegro, a equipe conseguiu marcar logo que conseguiu pressionar o CSA. Aos 15 minutos, Luiz Fernando cruzou, e Luciano Castan desviou contra o próprio gol, abrindo o placar para a equipe carioca.

Em vantagem, o Botafogo continuou saindo para o jogo, embora não conseguisse finalizações pergiosas para cima do CSA. Luiz Fernando e Cícero tentavam os cruzamentos, mas sem muito sucesso. O CSA não teve muita presença no ataque, dando pouco trabalho aos defensores do alvinegro.

Somente aos 42 que o Botafogo deu algum perigo ao CSA. Léo Valência lançou para Luiz Fernando, que chutou para perto do gol adversário. 

O CSA, por sua vez, também acordou para o jogo. Aos 47, Apodi tentou de longe e obrigou Gatito Fernández a trabalhar, desviando a bola para escanteio. 

Na segunda etapa, o jogo ganhou um pouco mais de movimentação. Aos cinco, o Botafogo veio com um lançamento de Léo Valência, com desvio de cabeça de João Paulo. A bola ficou com Victor Rangel, que mandou para fora.

Aos 19, Yuri fez uma bobagem ao enfiar a mão na bola, dando o pênalti para o CSA. Na cobrança, Ricardo Bueno deixou tudo igual na partida.

Mas o Botafogo não ficou sem a vantagem por muito tempo. Aos 23, Gabriel fez o lançamento, e Igor Cássio soltou o chute para recolocar o alvinegro na dianteira.

A partir daí, o Botafogo trabalhou pela manutenção do placar. O CSA ainda ficou sem João Victor, expulso após fazer falta em Diego Souza e tomar o segundo cartão amarelo. 

O Botafogo ainda voltou ao ataque no minuto 40, quando Léo Valência quase fez de fora da área. Depois, o time carioca só trabalhou de impedir o avanço do CSA, levando a vitória em casa.

Tabela

Com 33 pontos, o Botafogo é o 13º colocado e segue dentro da zona de classificação para a Copa Sul-Americana. O CSA tem 26 e está em 18º.

O Botafogo volta a jogar neste domingo (27), contra o Grêmio, fora de casa. No mesmo dia, o CSA encara o Flamengo.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO 2 X 1 CSA

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Assistentes: Leirson Peng Martins (RS) e Jorge Eduardo Bernardi (RS)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Cartões amarelos: Cícero, Rickson (BOT); Carlinhos (CSA)
Cartão vermelho: João Vitor (CSA)

Gols: Luciano Castan (contra) e Igor Cássio (BOT); Ricardo Bueno (CSA)

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Marcinho, Marcelo Benevenuto(Kanu), Gabriel e Yuri; Cícero(Rickson), João Paulo e Leo Valencia: Luiz Fernando(Igor Cássio), Diego Souza e Victor Rangel. Técnico: Alberto Valentim

CSA: João Carlos, Dawhan, Alan Costa, Luciano Castán e Carlinhos; João Vítor, Naldo(Celsinho) e Jonathan Gomez(Ricardo Bueno); Apodi, Warley e Alecsandro(Jarro Pedroso). Técnico: Argel Fucks

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: