Quarta, 24 de Abril de 2019

O Repórter

Bruno Henrique brilha, e Flamengo vence o Vasco na primeira final do Cariocão

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 14 de abril de 2019 às 18:40
Alexandre Vidal / Flamengo
Bruno Henrique foi o nome do jogo

RIO (OREPORTER.COM) - Bruno Henrique mostrou-se novamente decisivo para o Flamengo. O atacante foi fundamental para a vitória do rubro-negro no clássico contra o Vasco, neste domingo (14), no Nilton Santos, pela primeira partida da final do Campeonato Carioca. Ele foi autor dos gols da vitória por 2 a 0 sobre o cruz-maltino, garantindo uma boa vantagem para o time da Gávea.

Em campo, as duas equipes buscaram o ataque nos primeiros minutos. Os passes saíam, mas as finalizações ainda não eram boas. Quem chegou com mais perigo primeiro foi o Flamengo, que, aos 20 minutos, veio com passe de Renê para forte chute de Gabriel Barbosa. A bola bateu pelo lado de fora da rede.

Aos 29, Arão deu um susto para os vascaínos ao mandar um cruzamento rasteiro que passou perto do gol. Embora a posse de bola ficasse equilibrada para ambos os clubes, o rubro-negro era quem tinha um volume maior de jogo.  O Vasco, por sua vez, apareceu na reta final do primeiro tempo, aos 44, quando Maxi avançou livre na área, mas teve seu chute bloqueado pelo defensor adversário.

No fim da primeira etapa, Fernando Miguel teve que trabalhar. O responsável foi Éverton Ribeiro, que chutou de fora da área e obrigou o goleiro vascaíno a fazer a defesa. 

O Flamengo voltou para a segunda etapa pressionando. Aos dois, Renê mandou o cruzamento, Gabriel Barbosa subiu e fez cabecaçada, fazendo a bola passar perto da meta de Fernando Miguel.

Já o Vasco respondeu aos seis minutos. Danielo Barcelos cruzou, Marrony cabeceou e fez a bola bater no travessão.

Depois, o Flamengo partiu para a pressão total. Aos oito, Bruno Henrique chutou para a defesa de Fernando Miguel. No minuto seguinte, Éverton Ribeiro mandou a bola para a área, o goleiro vascaíno desviou e, dessa vez, não teve jeito: gol de Bruno Henrique para o Flamengo.

O Vasco tentou reagir e apareceu aos 18, quando Maxi recebeu a bola de Pikachu e chutou para o lado direito do gol adversário. Aos 20, o Flamengo apareceu em um lance de Arrascaeta para Gabriel Barbosa, mas o atacante viu Fernando Miguel aparecer e impedir a finalização.

Titular neste domingo, Arrascaeta teve boa participação pelo lado do Flamengo (Foto:   Alexandre Vidal/Flamengo)

Aos 25, houve o uso do árbitro de vídeo. O cruzamento veio, Werley afastou e Bruno Henrique marcou para o Flamengo. O gol chegou a ser validado, mas o VAR foi acionado e o lance foi anulado por causa de impedimento.

Mas Bruno Henrique não desanimou e logo procurou outra chance para marcar. E ela aconteceu aos 32 minutos, com cruzamento de Arrascaeta e desvio de Fernando Miguel. O atacante apareceu e mandou a bola para a rede.

Depois, o Flamengo não deu chances para o Vasco. A equipe rubro-negra dominou na posse de bola, buscando levá-la à zona de ataque. Assim, o cruz-maltino não tinha muitas chances para reagir. Dessa maneira, a vitória ficou garantida para o time da Gávea.

Na partida de volta, o rubro-negro pode perder por um gol de diferença que será campeão. Já o Vasco precisa ganhar por dois gols. A próxima partida está marcada para o domingo que vem, dia 21, no Maracanã. Mas o time da Gávea não poderá contar com Bruno Henrique, suspenso pelo número de cartões amarelos.

FICHA TÉCNICA
VASCO 0 X 2 FLAMENGO

Local: Estádio Nilton Santos, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodrigo Nunes de Sá (RJ)
Assistentes: Silbert Faria Sisquim (RJ) e Thiago Corrêa Farinha (RJ)

Cartões amarelos: Lucas Mineiro e Cáceres (VAS); Bruno Henrique (FLA)

GOLS: Bruno Henrique (2) (FLA)

VASCO: Fernando Miguel, Raúl Cáceres, Werley, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro, Bruno César (Lucas Santos) e Yago Pikachu; Marrony (Yan Sasse) e Maxi López (Tiago Reis). Técnico: Alberto Valentim

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Gustavo Cuéllar, Willian Arão, Everton Ribeiro (Diego) e De Arrascaeta (Lincoln); Bruno Henrique e Gabigol (Vitinho). Técnico: Abel Braga

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: