Domingo, 17 de Outubro de 2021

O Repórter

Busquemos em tudo a santidade

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 21 de setembro de 2021 às 10:05 (Atualizada em 21 de setembro de 2021 às 12:08)

Por Monsenhor Jonas Abib*

São tempos de santidade. Veja a parábola do semeador (Lc 8,4), que saiu e semeou em todos aqueles terrenos. Impressionante, o Senhor não lançou a semente apenas no bom terreno, mas lançou também naquele terreno pedregoso, naquele terreno cheio de espinhos. O Senhor lançou a sua semente em todo tipo de terra, porque Ele quer salvar a todos. Se o Senhor lançasse a semente de salvação só no terreno bonzinho, onde estaríamos nós?

Graças a Deus o Senhor lançou a sua semente, da sua salvação, pelo derramamento do Seu Espírito, sobre terrenos duros, pedregosos, cheios de espinhos, como nós éramos.

Agora, mais do que nunca, nós precisamos, pelo fogo do Espírito, buscarmos em tudo a santidade. Eu e você precisamos rezar, como rezávamos no começo, quando recebemos a graça do derramamento do Espírito.

Não é apenas saudosismo, lembrar daqueles tempos. Precisamos voltar a rezar daquele jeito! Fazíamos tantas vigílias, e era tão gostoso, não é verdade, passarmos a noite em oração? Precisamos voltar à oração intensa, a ler a Palavra de Deus com aquela sofreguidão, com a sede que tínhamos, naqueles tempos em que nós recebemos a graça do derramamento do Espírito Santo. Precisamos “devorar” a Palavra de Deus, assimilar e vivê-la. Vigiar e orar sem cessar

Não menos importante, também precisamos buscar a Eucaristia, participada em cada celebração. Precisamos multiplicar as idas às missas, para recebermos o corpo e sangue do Senhor. Buscar uma capela ou igreja, onde está o Santíssimo e ficar lá, para receber as graças do Senhor e Adorá-Lo no Santíssimo Sacramento.

Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib

*Fundador da Comunidade Canção Nova, presidente da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, em Cachoeira Paulista (SP) e reitor do Santuário do Pai das Misericórdias. É um dos religiosos que mais se destacou utilizando os meios de comunicação na ação evangelizadora da Igreja Católica, na América Latina. Autor de 57 livros, CDs e DVDs, além de várias palestras em áudio e vídeo.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: