Domingo, 20 de Outubro de 2019

O Repórter

Cavani marca, Uruguai vence o Chile no Maracanã e garante liderança do Grupo C

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 24 de junho de 2019 às 21:57
Fotos: João Gama / OReporter.com
A cabeçada certeira de Cavani garantiu a vitória uruguaia

RIO (OREPORTER.COM) - Sob um mar vermelho no Maracanã, o Uruguai entrou em campo como se fosse visitante. Em um jogo duro, a celeste decidiu com gol de Cavani,vencendo a partida por 1 a 0, sendo válida pela terceira rodada da Copa América. 

Confira a galeria de fotos da partida

Chile e Uruguai começaram o jogo com muito estudo e várias divididas - a exemplo do choque entre Vargas e Godin. Sanchez foi o primeiro aparecer do lado chileno, aos seis minutos, arriscando por cima do gol. Aranguiz finalizou aos 10, provocando a primeira intervenção de Muslera. Dois minutos depois, Vargas surgiu em uma cabeçada, defendida facilmente pelo guarda-redes uruguaio.

O Uruguai buscava cortar os espaços dos chilenos, mas logo a celeste conseguiu aumentar a preseça na área oposta. A primeira tentativa razoável apareceu aos 18 minutos, com chute de Arrascaeta por cima do gol. Aos 21, Suárez entrou na área tentou driblar o goleiro, mas ficou sem ângulo para finalizar. No escanteio, Godín arriscou a cabeçada e mandou a bola para fora, mas o jogador já havia feito falta no adversário.

A partida seguiu faltosa, com os jogadores investindo nas divididas. O Chile tentou tocar mais a bola no decorrer da primeira etapa, sem conseguiu dar trabalho ao goleiro Muslera, pois a defesa uruguaia chegava primeiro.

O duelo se manteve truncado até a reta final da primeira etapa. Os uruguaios apareceram aos 42, com Cáceres dando um toque para fora após escanteio de Arrascaeta. Sem mais chances de gol, as duas equipes foram para o vestiário com o placar de 0 a 0.

A segunda etapa começou com o Uruguaio pressionando. Aos três, Arrascaeta cobrou escanteio, e Godin cabeceou para a defesa do goleiro. Os chilenos responderam em seguida, com tentativa de Sanchez por cima do gol.

Aos 14, o Uruguai buscou o ataque Suárez conduziu a redonda, deixou a bola para Arrascaeta, que chutou para a defesa do goleiro. 

O duelo seguiu duro no Maracanã, com o Uruguai procurando o ataque em um jogo que seguiu com muitos encontros físicos entre os atletas. Depois, o Chile tentou produzir nas bolas paradas, sem conseguir finalizações que dessem perigo a Muslera.

Os técnicos resolveram movimentar o elenco. Do lado uruguaio Arrascaeta, com atuação discreta, deu vaga a Rodriguez. No Chile o atacante Vargas saiu para dar lugar a Fernández.

A equipe celeste saiu com a bola no campo ofensivo e procurou espaços até chegar ao gol. No minuto 36, Rodríguez mandou a  bola cruzada na área para a cabeçada certeira de Cavani, abrindo o placar no Maracanã.

Com a desvantagem, o Chile teve que sair ao ataque. Sánchez tentou aos 38, com defesa de Muslera. Por sua vez, o Uruguai trabalhou pela manutenção do placar e faturou a vitória contra os chilenos.

Tabela

O Uruguai ficou com sete pontos e garantiu a liderança do grupo C. A equipe celeste volta a jogar no sábado (29), contra o Peru na Fonte Nova.

Já o Chile terminou com seis, na segunda posição da chave. O adversários dos rojos será a Colômbia, na sexta (28), na Arena Corinthians

FICHA TÉCNICA
CHILE 0 X 1 URUGUAI

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro
Árbitro: Raphael Claus (BRA)
Auxiliares: Marcelo Van Gasse (BRA) e Kleber Lucio Gil (BRA)
Público: 49.275 pagantes

Cartões amarelos: González (URU); 

GOLS: Cavani (URU)

CHILE: Arias, Jara (Castillo), Maripán e Medel (Lichnovski); Diaz, Opazo, Pulgar, Aránguiz e Hernandez; Vargas (Fernandez) e Alexis Sánchez. Técnico: Reinaldo Rueda

URUGUAI: Muslera, González, Godin, Gimenez e Cáceres; Betancur, Valverde (Coates), Arrascaeta (Rodríguez) e Lodeiro (Nandez); Suárez e Cavani. Técnico: Óscar Tabarez.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: