Sexta, 03 de Dezembro de 2021

O Repórter

Chan Sung Jung domina e vence Dan Ige no UFC

Bruno Blindado é o destaque brasileiro no evento

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 20 de junho de 2021 às 06:45 (Atualizada em 20 de junho de 2021 às 07:03)
DIvulgação/UFC
Chan Sung Jung dominou na luta contra Dan Ige

LAS VEGAS, EUA (OREPORTER.COM) - O sul-coreano Chan Sung Jung derrotou o norte-americano Dan Ige na noite deste sábado (19), pelo UFC on ESPN 25, nos Estados Unidos. O Zumbi Coreano volta a vencer no octógono após ter perdido para Brian Ortega em outubro do ano passado.

A luta foi válida pela categoria dos penas. O Zumbi Coreano foi mais ativo e chegou a colocar para baixo no primeiro assalto. Ige tentou equilibrar a trocação no segundo round, mas o oponente continuava a ser mais efetivo.

No terceiro assalto, Chan Sung Jung sofreu uma queda, mas logo tentou ir para as costas para aplicar um trinângulo, sendo defendido pelo americano. O quarto round teve ritmo mais lento, mas o sul-coreano conseguiu uma queda com um minuto para o fim.

Dan Ige tentou ser mais efetivo no último assalto. O sul-coreano se defendeu bem das investidas do norte-americano, No chão, Chan Sung Jung voltou a ir para as costas do oponente. Ao fim da luta, vitória do Zumbi Coreano por decisão unânime (48–47, 49–46, 49–46).

Bruno Blindado vence

O brasileiro Bruno Blindado derrotou o compatriota Wellington Turman em sua estreia no Ultimate Fighting Championship. A vitória veio por nocaute, no primeiro assalto.

Na luta, Truman tomou a iniciativa e levou o duelo para o solo. Bruno, porém, conseguiu a trocar a posição e ficou por cima, sendo superior no ground and pound, faturando o nocauteaos 4 minutos e 45 segundos de duelo.

Brasileiros

Ainda no card principal Dhiego Lima foi derrotado pelo norte-americano Matt Brown após receber um forte golpe de direita aos 3 minutos e 02 segundos do primeiro round. O oponente, de 42 anos, voltou a vencer após duas derrotas seguidas. Já o brasileiro perdeu pela segunda vez consecutiva.

No card preliminar, Virna Jandiroba aplicou uma chave de braço na japonesa Kanako Murata, que resistiu até o fim do segundo assalto. Entretanto, a oponente não conseguiu voltar para o terceiro round, o que fez a arbitragem decretar o nocaute técnico. Virna volta a vencer após ter perdido para Mackenzie Dern, em dezembro do ano passado.

Já Netto BJJ voltou a lutar após dois anos afastado. Ele enfrentou o norte-americano Rick Glenn e acabou derrotado em 37 segundos, por nocaute.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: