Sexta, 03 de Dezembro de 2021

O Repórter

Charles do Bronx nocauteia Michael Chandler e é campeão peso-leve do UFC

Brasileiro faturou a vitória no segundo round

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 16 de maio de 2021 às 02:40 (Atualizada em 16 de maio de 2021 às 03:16)
Divulgação
Charles do Bronx venceu no UFC 262

RIO (OREPORTER.COM) - Valeu a pena esperar. Com 11 anos de presença no Ultimate Fighting Championship, faltava para Charles do Bronx uma presença em disputa por cinturão. Quando esse dia chegou, veio uma vitória avassaladora. Na madrugada deste domingo (16), o brasileiro nocauteou o norte-americano Michael Chandler, no segundo assalto, na luta principal do UFC 262, em Houston, no Texas, conquistando o título dos leves da organização.

A luta pelo cinturão foi a 28ª do brasileiro dentro do UFC. Para chegar ao cinturão, Charles do Bronx engatou uma sequência de oito vitórias, série que sustenta desde 2018. Pela frente, ele encarou o ex-campeão do Bellator, que fazia apenas a sua segunda luta dentro do octógono mais famoso do mundo.

Do Bronx iniciou a luta buscando os chutes, enquanto que Chandler tentava alcançar a linha de cintura. O norte-americano ainda tentou encaixar uma guilhotina, mas o brasileiro conseguiu sair da posição e fez a invertida. De volta ao combate em pé, Do Bronx sentiu dois golpes do americano. Assim, o brasileiro terminou a luta na defensiva.

No segundo round, o brasileiro voltou com mais força. Com uma forte sequência de golpes, o norte-americano não resistiu e foi levado a nocaute. O assalto durou apenas 19 segundos.

Charles do Bronx conquista o cinturão que estava vago, pois o último campeão, o russo Khabib Nurmagomedov, anunciou a aposentadoria.

O resultado da madrugada deste domingo foi a nova vitória seguida do brasileiro, Ao todo, são 31 vitórias e oito derrotas, além de um no contest.

Destaques

Outros brasileiros estiveram presentes no evento. Destaque para Edson Barboza, que nocauteou Shane Burgos no terceiro assalto. O resultado veio após um cruzado de direita, mas o adversário sentiu o golpe quatro segundos depois. Assim, a vitória veio com 1 minuto e 16 segundos de tempo corrido.

Já Rogério Bontorim derrotou Matt Schnell por decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27 e 29-28). O duelo seria realizado pelo peso-mosca, mas o brasileiro não bateu o peso e lutou em um peso casado acima da categoria. Ainda assim, Bontorim dominou e desferiu bons golpes, levando vantagem nas papeletas.

Vivi Araújo perdeu para a americana Katlyn Chookagian por decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28 e 30-27). No card preliminar, André Sergipano finalizou Ronaldo Jacaré no primeiro round. Já Priscila Pedrita nocauteou Gina Mazany no segundo assalto.

Todos os resultados

CARD PRINCIPAL

Charles do Bronx venceu Michael Chandler por nocaute técnico aos 19s do 2º round

Beneil Dariush venceu Tony Ferguson por decisão unânime (triplo 30-27)

Rogério Bontorin venceu Matt Schnell por decisão unânime (30-27, 30-27 e 29-28)

Katlyn Chookagian venceu Viviane Araújo por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)

Edson Barboza venceu Shane Burgos por nocaute técnico a 1m16s do 3º round

CARD PRELIMINAR

André Sergipano venceu Ronaldo Jacaré por finalização aos 3m59s do 1º round

Lando Vannata venceu Mike Grundy por decisão dividida (29-28, 27-30 e 30-27)

Jordan Wright venceu Jamie Pickett por nocaute técnico aos 1m04s do 1º round

Andrea Lee venceu Antonina Shevchenko por finalização aos 4m52s do 2º round

Priscila Pedrita venceu Gina Mazany por nocaute técnico aos 4m51s do 2º round

Tucker Lutz venceu Kevin Aguilar por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)

Christos Giagos venceu Sean Soriano por finalização aos 3m59s do 2º round

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: