Segunda, 30 de Novembro de 2020

O Repórter

Com duração menor e sem meta, Teleton 2020 será realizado no dia 7 de novembro

Campanha de doação por telefone, porém, terá duração estendida até dezembro

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 28 de outubro de 2020 às 01:34 (Atualizada em 28 de outubro de 2020 às 02:47)
Lourival Ribeiro/SBT
Maisa, Celso Portiolli e Eliana falaram sobre o Teleton 2020

SÃO PAULO (OREPORTER.COM) - A maratona televisiva do Teleton será realizada de maneira mais enxuta para a edição de 2020. A atração está marcada para o dia 7 de novembro, com exibição em flahses a partir das 7 horas, no SBT. Depois, a exibição será feita das 10h30 às 20h30, com apresentadores que se revezando no palco da emissora.

Nesta terça-feira (27), o SBT promoveu uma coletiva virtual para marcar a edição 2020 da campanha em prol da AACD.  Estiveram presentes, os padrinhos Eliana e Daniel, os padrinhos digitais Celso Portiolli e Maisa Silva, a diretora do programa Norma Mantovanini, o CEO do SBT José Roberto Maciel, além dos executivos da AACD, o CEO Valdesir Galvan e o superintendente de Marketing e Relações Institucionais, Edson Brito.

A apresentadora Eliana falou sobre a realização do teleton em um momento tão complicado. "O que eu mais aprendi nessa pandemia foi que, mesmo à distância, a gente pode fazer a diferença na vida das pessoas. Mesmo sem dar aquele abraço, podemos passar carinho através de uma palavra, um áudio, uma doação. Esse é o nosso grande desafio para o Teleton 2020. Vamos apresentar histórias e artistas à distância, mas tenho certeza que isso não vai fazer diferença quando a gente fala de amor e de estender a mão para colaborar com quem precisa mais", disse.

Daniel falou diretamente de sua residência em Brotas e falou que distanciamento não será um problema para esta edição: "tenho a honra de dizer que participo desta história há 23 anos. A distância não vai atrapalhar em nada. Esse grande aprendizado fez a gente colocar a mão na consciência e ver que somos muito pequenininhos, não fazemos nada sozinhos. A essência é a mesma e tenho certeza que vamos obter um resultado muito positivo". 

A madrinha digital Maisa Silva comentou que uma de suas maiores preocupações no início da pandemia foi como a AACD reagiria neste momento: "uma das minhas maiores preocupações foi com a AACD, além da minha família, claro. Eu tenho o privilégio de ficar na minha casa e me proteger e proteger as pessoas em volta de mim. Mas e os pacientes que precisavam ir até a AACD? Eu fiz 18 anos e não fiz festa, mas fiz uma live e pedi doações para a AACD. Vi uma mobilização de jovens e de marcas e percebi um otimismo que seria essencial para esse ano".

Celso Portiolli, padrinho digital, relembrou o quanto foi importante ter as versões digitais nos anos anteriores: "quero parabenizar todo o pessoal por redesenhar o Teleton e levar a quem está em casa. A sorte - e acho que isso é uma coisa de Deus - é que a AACD e o SBT focaram no digital há dois anos. No ano passado tivemos o digital de novo, não tão grande como o primeiro, mas veio uma pandemia e mudou toda forma de trabalhar. O digital mudou a vida das pessoas e tenho certeza que as doações serão muito importantes. Os gamers também terão um papel muito importante". 

Para o Teleton 2020, o SBT confirmou as seguintes atrações musicais: Ivete Sangalo, Vitor Kley, Leo Chaves, Toquinho, Bruno e Marrone, Gustavo Mioto, Marilia Mendonça e Luan Santana. A música-tema desta edição será "Pra Ser Feliz", do cantor Daniel.

Em um Teleton mais enxuto, o único ítem prolongado será a campanha de doação por telefone, que será realizado até 31 de dezembro. Por causa da crise econômica causada pelo impcato da pandemia da Covid-19, não haverá uma meta de doação. 

"Diante do cenário que estamos vivendo, essa certamente é uma das campanhas mais importantes de toda a história de 70 anos da AACD. Afinal, a crise nos trouxe um gap financeiro de cerca de R$ 50 milhões, fazendo nossa necessidade de captação saltar de R$ 80 milhões para R$ 130 milhões neste ano. Por isso, contamos muito com a colaboração de todos os que puderem doar e ajudar a não deixar os nossos pacientes sem os tratamentos que tanto precisam", diz Edson Brito, superintendente de Marketing e Relações Institucionais da AACD.

As doações poderão ser feitas peloa seguintes telefones:  0500 12345 05 (para doar R$ 5), 0500 12345 20 (R$ 20) e 0500 12345 40 (R$ 40). O npumero 0800 770 1231 estará disponpivel para outros valores. Por SMS, basta enviar a palavra Teleton para 30265, com a qual o suário receberá um link para informar o valor a ser doado (cartão de crédito ou boleto).

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: