Terça, 21 de Setembro de 2021

O Repórter

Com rombo de R$ 43 milhões, Cultura dispensa Mario Sergio Conti do 'Roda Viva'

Pela metade do salário, o colunista Augusto Nunes, vai comandar a atração jornalística

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação - 07 de agosto de 2013 às 12:06

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER) - As coisas não andam nada boas para a TV pública, especificamente a TV Cultura. Com uma dívida de aproximandamente R$ 43 milhões, de acordo com declarações do próprio presidente da Fundação Padre Anchieta, Marcos Mendonça, que é mantenedora da TV Cultura, os corte começaram.

O apresentador do 'Roda Vida' Mario Sergio Conti foi demitido na última segunda-feira(5) da emissora por ter um alto salário.

Nos bastidores a história é outra. Elio Gaspari, em sua coluna publicada simultaneamente na "Folha" e em "O Globo", contou que Conti foi dispensado porque teria reconvidado Fernando Henrique Cardoso para o programa que foi ao ar dia 1º de julho.

O ex-presidente fora convidado e depois desconvidado, segundo foi dito à época, para não dar a impressão de que a pauta do programa seria a favor dos tucanos.

O certo é que a partir de agora, o "Roda Viva" passa a ser comandado por Augusto Nunes, que receberá a metade do salário de Conti, o que obviamente não fora divulgado.

A saída definitiva do jornalista deve acontecer nas próximas semanas, já que há ainda dois programas gravados com a sua participação.

Mario Sergio Conti estava na apresentação e direção do programa desde 2011. Augusto Nunes foi apresentador da atração de 1987 a 1989. A estreia de Nunes epoderá acontecer na última semana de agosto ou primeira de setembro.

Tags:
Mario Sergio Conti, Roda Viva, Augusto Nunes, TV Cultura, Fundação Padre Anchieta. jornalismo
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: