Sexta, 03 de Dezembro de 2021

O Repórter

Conor McGregor é nocauteado por Dustin Poirier no UFC 257

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 24 de janeiro de 2021 às 07:00 (Atualizada em 24 de janeiro de 2021 às 10:31)
Divulgação/UFC
Poirier derrotou McGregor no UFC 257

ABU DHABI, EAU (OREPORTER.COM) - O norte-americano Dustin Poirier estragou o retorno de Conor McGregor ao octógono do Ulitmate Fighting Championship. Na madrugada deste domingo (24), o ex-campeão interino dos leves nocauteou o irlandês no segundo assalto, na luta principal do UFC 257, realizado na Etihad Arena, nos Emirados Àrabes.

A luta se desenvolveu travada, com os dois nas grades durante o primeiro assalto. Antes, o americano chegou a levar a luta para o chão, mas o irlandês conseguiu se levantar. Mais próximo do fim do primeiro round, McGregor tentava levar vantagem aplicando golpes no oponente. Poirier, por sua vez, arriscava chutes para cima do irlandês.

No segundo assalto, McGregor tentava demonstrar agressividade. Entretanto, Poirier foi mais efetivo, aplicando um duro golpe de direita que abalou o oponente. O americano conseguiu uma boa sequência, que detonou de vez o irlandês, garantindo o nocaute com 2 minutos e 32 segundos de luta.

Foi a quinta derrota de McGregor em sua carreira no MMA. O irlandês estava afastado do octógono há um ano e culpou a inatividade como causa da derrota. "VBenho de uma longa inatividade, e os chutes baixos me incomodaram bastante. Eu não estava tão confortável quanto eu esperava", disse McGregor, ex-campeão dos leves e dos penas do UFC.

Além disso, o duelo marciu o reencontro entre os dois no UFC. Em 2014, Conor Gregor havia vencido Poirier por nocaute técnico, e irlandês lembrou que tudo agora está empatado. "Vai ser difícil de engolir, mas está 1 a 1. Pretendo fazer mais uma luta contra ele", declarou.

Poirier faz a sua segunda vitória seguida, após ter perdido a disputa lienar dos leves para Khabib Nurmagomedov. "Não foi surpresa. Eu treinei muito, e o resultado está aí. O objetivo era ser técnico, e não ir para a briga", disse.

Destaques

Ex-intergrante do Bellator, Michael Chandler teve bom começo no UFC. O norte-americano derrotou o neozelandês Dan Hooker no co-main event da noite. Com um forte golpe de esquerda e mais uma sequência, o árbitro interrompeu a luta e decretou o nocaute com 2 minutos e 30 segundos.

Após inaugurar a sua presença no UFC, Chandler tratou de desafiar os principais nomes da categoria peso-leve do UFC. "Conor McGregor, surpresa! Este é o maior momento da minha carreira. Dustin Poirier, eu estou aqui! Khabib [Nurmagomedov], se você estiver pronto e quiser deixar a aposentadoria para me enfrentar, estou pronto", declarou.

O UFC 257 teve ainda duelo brasileiro com a vitória de Marina Rodriguez sobre Amanda Ribas com 54 segundos do segundo assalto. Já Antônio Carlos Cara de Sapato perdeu para Brad Tavares por decisão do júri (30-27, 30-27 e 29-28).

Todos os resultados

CARD PRINCIPAL

Dustin Poirier venceu Conor McGregor por nocaute técnico aos 2m32s do 2º round

Michael Chandler venceu Dan Hooker por nocaute técnico aos 2m30s do 1º round

Joanne Calderwood venceu Jessica Eye por decisão unânime do júri (30-27, 30-27 e 29-28)

Makhmud Muradov venceu Andrew Sanchez por nocaute técnico aos 2m59s do 3º round

Marina Rodriguez venceu Amanda Ribas por nocaute técnico aos 54s do 2º round

CARD PRELIMINAR

Arman Tsarukyan venceu Matt Frevola por decisão unânime do júri (30-27, 30-27 e 30-26)

Brad Tavares venceu Antônio Cara de Sapato por decisão unânime do júri (30-27, 30-27 e 29-28)

Julianna Peña venceu Sara McMann por finalização aos 3m39s do 3º round

Marcin Prachnio venceu Khalil Rountree Jr. por decisão unânime do júri (triplo 29-28)

Movsar Evloev venceu Nik Lentz por decisão dividida do júri (29-28, 28-29 e 29-28)

Amir Albazi venceu Zhalgas Zhumagulov por decisão unânime do júri (triplo 29-28)

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: