Sexta, 03 de Dezembro de 2021

O Repórter

Conor McGregor sofre fratura, e Dustin Poirier vence no UFC 264

Gilbert Durinho derrota Stephen Thompson no co-main event

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 11 de julho de 2021 às 06:30 (Atualizada em 11 de julho de 2021 às 07:36)
Reprodução/Instagram
Conor McGregor acabou derrotado após sofrer uma fratura no tornozelo

LAS VEGAS, EUA (OREPORTER.COM) - A luta principal do UFC 264 teve um desfecho impressionante. O irlandês Conor McGregor sofreu uma  fratura no tornozelo esquerdo nos segundos finais do primeiro round e ficou impedido de prosseguir a luta contra Dustin Poirier, na madrugada deste domingo (11), pelo UFC 264. Assim, a vitória ficou com o norte-americano.

O confronto marcou o retorno do público aos eventos do UFC em Las Vegas. A disputa valia um espaço para definir o próximo desafiante ao título dos leves da organização. Quem começou bem foi McGregor, que mandou dois chutes rodados. O americano equilibrou o duelo, com seus chutes e golpes de direita. 

Depois, McGregor travou a luta na grade. O irlandês tentou uma guilhotina, mas o americano inverteu e ficou por cima no solo. Poirier conseguiu atacar no ground and pound, mas McGRegor conseguiu se defender. O irlandês se levantou e buscou trocar golpes com o americano, mas acabou sofrendo uma grave fratura. O resultado oficial foi um nocaute técnico por interrupção médica.

O duelo fechou a trilogia entre os dois iniciada em 2014. Cada lutador tinha uma vitória antes do duelo na madrugada deste domingo. Além disso, Poirier conquistou a terceira vitória seguida na carreira, abrindo a série após ter perdido o título dos leves do UFC.

Durinho vence

No co-main event da noite, Gilbert Durinho derrotou Stephen Thompson por decisão unânime do júri. A luta marcou o retorno do brasileiro após ter perdido a dispyta pelo título dos meio-médios contra Kamaru Usman.

Durinho buscou a queda desde o começo da luta. O americano reisstiu, mas acabou derrubado na metade do primeiro round. No segundo assalto, o norte-americano menteve a distância com seus chutes. Próximo do intervalo, o brasileiro consgeuiu mais uma derrubada, ficando próximo à grade.

Durinho venceu Stephen Thompson (Foto:Divulgação/UFC)

No terceiro assalto, Thompson conectou um golpe de direita e depois um chute rodado. Durinho conseguiu conter o ritmo do americano e logo mandou o duelo para o solo, ficando por cima. O brasileiro controlou a luta e faturou a vitória por decisão unânime do júri  (29–28, 29–28, 29–28).

Durinho agora tem 20 vitórias e quatro derrotas na carreira.

Mais brasileiros

Outros dois brasileiros estiveram presentes no evento. Michel Pereira derrotou Niko Price por decisão do unânime do júri (29–28, 29–28, 30–27), e Jennifer Maia venceu Jessica Eye por decisão dividida (29–28, 29–28, 30–27).

Todos os resultados

CARD PRINCIPAL

Dustin Poirier venceu Conor McGregor por nocaute técnico aos 5min do 1º round (interrupção médica)

Gilbert Durinho venceu Stephen Thompson por decisão unânime (triplo 29-28)

Tai Tuivasa venceu Greg Hardy por nocaute a 1m07s do 1º round

Irene Aldana venceu Yana Kunitskaya por nocaute técnico aos 4m35s do 3º round

Sean O'Malley venceu Kris Moutinho por nocaute técnico aos 4m33s do 3º round

CARD PRELIMINAR

Max Griffin venceu Carlos Condit por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)

Michel Pereira venceu Niko Price por decisão unânime (triplo 29-28)

Ilia Topuria venceu Ryan Hall por nocaute aos 4m47s do 1º round

Dricus du Plessis venceu Trevin Giles por nocaute a 1m41s do 2º round

Jennifer Maia venceu Jessica Eye por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)

Brad Tavares venceu Omari Akhmedov por decisão dividida (29-28, 28-29 e 29-28)

Zhalgas Zhumagulov venceu Jerome Rivera por finalização aos 2m02s do 1º round

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: