Quinta, 29 de Julho de 2021

O Repórter

Covid-19: São Gonçalo começa a vacinar população com mais de 40 anos

Imunização acontecerá a partir desta quarta-feira (23) em doze pontos

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 22 de junho de 2021 às 17:45 (Atualizada em 22 de junho de 2021 às 17:51)
Arquivo/EBC

SÃO GONÇALO, RJ (OREPORTER.COM) - A partir desta quarta-feira (23), o município de São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, começará a vacinar a população acima de 40 anos. A imunização acontece em doze pontos de vacinação, quatro deles com drive thru, das 8h às 17h.

Também pode se vacinar lactantes com bebês de até doze meses e autorização médica. A cidade continua vacinando portuários, trabalhadores da Educação, profissionais de Educação Física, guardas municipais, veterinários – que precisam estar trabalhando e comprovar o vínculo com São Gonçalo (empregatício ou de residência); grávidas e puérperas sem comorbidades com autorização médica; estagiários da saúde atuando em unidade hospitalar, pessoas com comorbidades, pessoas que têm doenças neurológicas crônicas, pessoas com deficiência permanente, pessoas com síndrome de down, trabalhadores da saúde da linha de frente e profissionais da saúde – todos acima dos 18 anos.

Por causa do aumento da população a ser imunizasa, os pontos de vacinação vão funcionar, das 8h às 17h, também aos sábados. Só nesta terça-feira (22), São Gonçalo vacinou 13.380 pessoas, sendo 11.290 da população em geral com mais de 43 anos.  

Grávidas, puérperas e lactantes têm exclusividade para tomar a vacina da Pfizer. Pessoas com comorbidades, doenças neurológicas crônicas e deficiência permanente também podem tomar esta vacina, segundo o informe técnico do Governo do Estado. No entanto, não há exclusividade, já que estes grupos podem ser vacinados com a Astrazeneca. Para ter escolha do imunizante, o gonçalense deve ter um laudo médico indicando a aplicação da vacina escolhida e os motivos. 

Pessoas que tomaram a vacina há mais de 12 semanas já podem se imunziar com a vacina da AstraZeneca. Já a CoronaVac  continua disponível para os que têm mais de 21 dias de vacinados. Para a segunda dose, todos devem estar munidos com o comprovante da primeira dose da vacina aplicada no município. Os locais de vacinação recebem as pessoas que chegam até as 16h30 para que os mesmos sejam atendidos até 17h, nos dias de semana; e 11h30 aos sábados.

Locais de vacinação, de segunda a sábado, das 8h às 17h

– Polo Sanitário Dr. Washington Luiz, Zé Garoto

– Salão do Clube Mauá, Centro (não tem Coronavac) 

– Umpa Nova Cidade (não tem Coronavac)

– Clínica Gonçalense do Mutondo

– Polo Sanitário Dr. Hélio Cruz, Alcântara (não tem Coronavac)

– Clínica da Família Dr. Zerbini, Arsenal (não tem Coronavac)

– Polo Sanitário Rio do Ouro (não tem Pfizer e Coronavac)

– PAM Coelho (não tem Pfizer e Coronavac)

– Cras Vista Alegre (não tem Coronavac)

– PAM Neves (não tem Coronavac)

– Umpa Pacheco (não tem Pfizer e Coronavac)

– Estacionamento da Igreja Universal do Reino de Deus de Alcântara (não tem Pfizer e Coronavac)

Pontos com drive thru

– Campo do Clube Mauá, Centro (não tem Coronavac)

– Centro de Tradições Nordestinas, Neves (não tem Coronavac)     

– Umpa Nova Cidade (não tem Coronavac)

– Cras Vista Alegre (não tem Coronavac) 

Saiba mais

Fique por dentro das notícias do Rio de Janeiro seguindo as nossas redes sociais. Estamos no Facebook, no Instagram, no Twitter e no Telegram. Você também pode falar conosco pelo nosso Whatsapp. OREPORTER.COM, Informação de verdade na Internet.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: