Terça, 20 de Agosto de 2019

O Repórter

De olho no Mundial, Isaquias Queiroz busca bons resultados na canoagem do Pan

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 17 de julho de 2019 às 19:45
Rafael Max/OReporter.com
Isaquias Queiroz, da canoagem

RIO (OREPORTER.COM) - Isaquias Queiroz chega aos Jogos Pan-Americanos carregado de bons resultados, Neste ano, ele conquistou duas medalhas de ouro na categoria C1 500 nas etapas da Copa do Mundo de Canoagem. Com o Mundial por perto, a competição continental se torna um grande este para a disputa.

Em sua carreira, Isaquias é dono de duas medalhas de prata e uma de bronze nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em 2016. Ele ainda é tricampeão mundial da modalidade, tendo conquistado o título mais recente em 2018. O canoísta disse que está mais focado no Mundial, a ser realizado três semanas depois do Pan, mas ressaltou que a disputa continental também é importante.

"Eu estou mais focado no Mundial. Só que os Jogos Pan-Americanos estão na linha, então vamos dizer que a gente estamos quase 100% para os Jogos", disse.

Isaquias foi modesto quando foi lembrado de ser o principal nome da canoagem brasileira. Sobre como evitar o nervosismo para trazer bons resultados, o canoísta disse que é algo que pode acontecer, mas isso acaba passando quando se faz um trabalho bem feito.

"O grande nome ainda não. Tenho muito trabalho pela frente para poder chegar nesse nível. Quero chegar no nível do Daniel Dias [nadador]. Ele é fantástico, quero chegar no nível dele. Preocupação é com estresse, nervosismo, mas acho que passa de tanto competir. Na Olimpiada, em casa, tive muita tranquilidade. Lógico que sempre tem nervosismo, o medo de errar. mas quando se treina e faz o trabalho de casa entra mais tranquilo", contou.

O canoísta também pensa na renovação do esporte. Isaquias espera que possam surgir nosos nomes da modalide no futuro.

"É uma coisa complicada. A gente sempre fala para que fique mais focado nos clubes e pensar no futuro. Eu posso participar e depois parar, mas penso em chegar até [os Jogos Olímpicos de] 2024, mas depois como é que fica? Eu sempre falo para a confederação para focar em novos atletas", afirmou.

Os Jogos Pan-Americanos de 2019 serão realizados em Lima, no Peru, de 26 de julho a 11 de agosto.

Veja o recado de Isaquias Queiroz para a competição:

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: