Quarta, 03 de Junho de 2020

O Repórter

Decreto de desapropriação do Campo da Fé deve ser publicado amanhã

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação.. - 29 de julho de 2013 às 18:43

RIO DE JANEIRO (Agência Brasil) - O prefeito do Rio, Eduardo Paes, informou hoje (29) que deve ser publicado amanhã (30) o decreto de desapropriação do terreno onde foi montado o Campus Fidei (Campo da Fé), em Guaratiba, na zona oeste.

De acordo com ele, além das licenças ambientais para a montagem do palco para a Jornada Mundial da Juventude (JMJ), o local já tem uma licença do Instituto Estadual do Ambiente (Inea), que permite um loteamento. “Desde 2010, tem do Inea a permissão para a construção do loteamento, que não tinha nada a ver com a JMJ. Uma das condições é a preservação da área de proteção ambiental, que é um manguezal. A secretaria municipal vinha fazendo o acompanhamento de tudo o que estava sendo feito e não apontou nenhum problema”.

O prefeito reafirmou que o bairro Campo da Fé do Papa Francisco vai melhorar dos moradores da região, que vivem casas em más condições. “Vamos fazer ali um bairro popular, não vamos levar mais gente para lá. Você tem ali o Jardim Maravilha, com uma parte em área alagada, comunidade do Piraquê, vamos fazer o bairro popular para resolver problemas que já existem em Guaratiba”.

Paes disse que não sabe quem é o dono do terreno, apenas que estava previsto para ser construído no local o loteamento Vila Mar de Guaratiba. “Não temos mais informações agora. Foi uma ideia que tivemos e o papa abençoou. Vai ser o mesmo número de casas que existem de pessoas que moram em condições degradantes em Guaratiba”.

De acordo com ele, está prevista para quarta-feira (31) uma reunião com o Instituto de Arquitetos do Brasil (IAB), o Ministério Público e o Inea, para iniciar o planejamento do projeto. “A primeira coisa é ter, por parte do IAB, o master plan de ocupação de Guaratiba, vai começar pelo diagnóstico das habitações em condições ruins em Guaratiba. Depois, fazer o concurso para escolher um grupo de arquitetos para fazer o projeto de ocupação. A prefeitura pretende bancar toda a infraestrutura, como no modelo do bairro Carioca, fazer já com clínica da família, unidades habitacionais”.

O prefeito ressaltou que não existe nenhuma obra no local e que o momento é uma oportunidade para discutir o planejamento urbano da região de Guaratiba, que ainda não tem o Plano de Estruturação Urbana (PEU).

Tags:
Eduardo Paes, Campus da Fé, Campus Fidei
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: