Quarta, 08 de Dezembro de 2021

O Repórter

Deiveson Figueiredo finaliza no primeiro assalto e é campeão dos moscas do UFC

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 19 de julho de 2020 às 07:00 (Atualizada em 19 de julho de 2020 às 10:21)
Divulgação/UFC
Deiveson Figueiredo é o novo campeão dos moscas do UFC

ABU DHABI, EAU (OREPORTER.COM) - O Brasil tem um novo campeão no Ultimate Fighting Championship. Deiveson Figueiredo derrotou o americano Joseph Benavidez por finalização e conquistou o título dos moscas da organização, na luta principal do UFC Fight Night 172, na "Ilha da Luta" instalada nos Emirados Árabes., na noite deste sábado (18)

A luta valia o título vago da categoria dos moscas. Deiveson fez um primeiro round incontestável, conseguindo levar o adversário ao konckdown logo de primeira. Ele mpartiu para o ground and pound logo em seguida, com o norte-americano se defendendo. Depois, Deiveson foi para as costas e tentou o mata-leão. 

Benavidez resistiu e conseguiu ficar de pé. A trocação continuou intensa, e o brasileiro conseguiu um golpe duro e levou o adversário ao konckdown. O oponente continuava a demonstrar resistência e foi ao solo mais uma vez ao receber mais um golpe. No solo, Deiveson encaixou um mata-leão e garantiu a vitória.

Foi a 19ª vitória de Deiveson Figueiredo em sua carreira no MMA. O brasileiro tem apenas uma derrota em seu cartel.

Brasileiros

Ainda no card principal, Ariane Lipski venceu a compatriota Luana Dread no primeiro assalto. Com um minuto e 28 segundos de luta, ela consegvuiu um forter golpe para derrubar a adversária, depois encaixando uma chave de joelho, vencendo por finalização. Foi a segunda vitória de Ariane na organização em quatro lutas.

Já Alexandre Pantoja acabou perdendo para o russo Askar Askarov por decisão do júri. O brasileiro começou bem, chegando a quase finalizar com uma guilhotina. Nos rouns seguintes, o russo buscou a luta agarrada e depois passou a encaixar mais golpes, garantindo os seus pontos para derrotar por decisão unânime (29–28, 29–28, 29–28.

Outras duas lutas envolvendo brasileiros foram realizadas no card preliminar. Carlos Boi perdeu para o moldavo Sergey Spivak por decisão majoritária do júri (28–28, 29–27, 29–27), enquanto que Davi Ramos foi derrotado pelo russo Arman Tsarukyan por decisão unânime (30–27, 30–27, 29–28).

Todos os resultados

CARD PRINCIPAL

Deiveson Figueiredo venceu Joseph Benavidez por finalização aos 4m48s do 1º round

Jack Hermansson venceu Kelvin Gastelum por finalização a 1m18s do 1º round

Rafael Fiziev venceu Marc Diakiese por decisão unânime (30-27, 29-28 e 29-28)

Ariane Lipski venceu Luana Dread por finalização a 1m28s do 1º round

Askar Askarov venceu Alexandre Pantoja por decisão unânime (triplo 29-28)

CARD PRELIMINAR

Roman Dolidze venceu Khadis Ibragimov por nocaute técnico aos 4m15s do 1º round

Grant Dawson venceu Nad Narimani por decisão unânime (30-26, 30-27 e 29-27)

Joel Alvarez venceu Joe Duffy por finalização aos 2m25s do 1º round

Brett Johns venceu Montel Jackson por decisão unânime (triplo 29-28)

Amir Albazi venceu Malcolm Gordon por finalização aos 4m42s do 1º round

Arman Tsarukyan venceu Davi Ramos por decisão unânime do júri (30-27, 30-27 e 29-28)

Sergey Spivak venceu Carlos Boi por decisão majoritária do júri (29-27, 29-27 e 28-28)

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: