Segunda, 17 de Junho de 2019

O Repórter

Elogiado por Felipe Massa, Caio Collet acumula bons resultados nas pistas

Atualmente na Fórmula Renault, piloto falou sobre sua carreira no automobilismo

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 06 de junho de 2019 às 12:56
Dutch Photo Agency
Atualmente, Caio Collet corre pela Fórmula Renault

RIO (OREPORTER.COM) - O Brasil está desde 2017 sem pilotos na principal categoria do automobilismo, mas não significa que não existam brasileiros que estejam se desenvolvendo para ter, futuramente, um espaço na elite da modalidade. Um deles é Caio Collet, de 17 anos, que já acumula bons resultados nas pistas da Europa. Tanto que ganhou elogios de Felipe Massa, vice-campeão da Fórmula 1 em 2008. 

"Se tivesse que indicar um nome, pelo conjunto que ele tem, seria o Caio Collet. Eu o vi correndo durante as 500 milhas de kart da Granja Viana e é muito completo", disse o piloto, à imprensa, em 2018, durante uma passagem pela Stock Car.

Caio é paulistano, sendo filho de Carlo Collet, piloto de rali. Tanto que o começo na carreira não foi no kart, como é natural para quem deseja pilotar monopostos. "Quando tinha três ou quatro anos, o meu pai me deu um quadricilo, pois ele é piloto de rali. Então, foi asism que comecei", conta o piloto.

No kart, Caio correu no Brasil e na Europa. Já nos monopostos, ele conquistou o seu melhor resultado: o título da Fórmula 4 francesa de 2018. Desde 2019, ele se encontra na Fórmula Renault Eurocup, correndo nas principais pistas europeias. Nessa categoria, Caio já acumula quatro vitórias entre os estreantes. Seu melhor resultado foi na charmosa pista de Mônaco, quando chegou em terceiro geral na primeira bateria. Como curiosidade, a prova foi realizada no mesmo fim de semana da Fórmula 1, ou seja, uma experiência inesquecível para qualquer piloto.

"É uma oportunidade única. Sou muito grato por estar correndo em Mônaco, foi uma experiência muito legal para mim", diz.

Atualmente, Caio faz parte da Renault Sports Academy, um programa de revelação de pilotos da marca. Uma oportunidade que, segundo ele, deve ser aproveitada. "Tenho que aproveitar ao máximo para me desenvolver como piloto e como pessoa também".

Caio volta a correr no fim de julho, nos dias 27 e 28, na etapa de Spa-Francorchamps, na Bélgica.


Caio está na Fórmula Renault Eurocup (Foto: Dutch Photo Agency)

Leia a entrevista exclusiva de Caio Collet a OREPORTER.COM:

OREPORTER.COM - Você vem se despontando entre os estreantes na Formula Renault Eurocup. Como você avalia o seu desempenho em suas primeiras corridas pela categoria?

CAIO COLLET - O meu desempenho até agora foi bom. A gente esta evoluindo bastante corrida após corrida e é um ponto importante. A equipe está fazendo um ótimo trabalho com o carro. Nosso carro é um dos melhores do grid. Isso me ajudou até agora a ser o melhor estreante. Acho que a gente vai seguir e chegar perto do Top 3 e esse é o objetivo.

O - Recentemente, a Formula Renault esteve em Mônaco, no mesmo fim de semana do Grande Prêmio de Fórmula 1. Qual é a importância de ter essa experiência em estar tão perto da elite do automobilismo?

C - Além de ser ser importante eu acho que é muito legal para os pilotos em correr no mesmo fim de semana da Fórmula 1. É uma oportunidade única e a nossa categoria é uma das poucas que conseguem isso. Sou muito grato por estar correndo em Mônaco, foi uma experiência muito legal para mim. A Fórmula 1 acrescenta algo a mais.


Caio na pista de Mônaco (Foto: Dutch Photo Agency)

O - Como surgiu o seu interesse pelo universo das corridas?

C - Quando tinha três ou quatro anos, o meu pai me deu um quadricilo, pois ele é piloto de rali. Então, foi asism que comecei. Não comecei direto no kart, foi na terra, com sete ou oito anos. Depois, eu conheci uma equipe de kart, e ele me levou para andar de kart. E depois, eu nunca mais parei.

O - Quem são as suas referências ou inspirações no automobilismo?

C - De todos os  nomes muito bons, o principal seria o [Ayrton] Senna.

- Você faz parte da Renault Sports Academy, programa da marca para apoio a jovens pilotos. Qual é a importância em estar nesse grupo?

C - Tem uma importância muito grande, estar representando uma marca. É uma oportunidade muito boa para mim. Tenho que aproveitar ao máximo para me desenvolver como piloto e como pessoa também. Acho que eles me dão todas as ferramentas para isso. Estou muito feliz por essa oportunidade.


Caio Collet faz parte da Renault Sports Academy (Foto: Dutch Photo Agency)

O - Dizem que o torcedor Nº 1 de alguém é a família. Como é o apoio de seus familiares nas provas em que você atua?

C - Estou morando sozinho na Europa e, como meus pais trabalham muito, é difícil para eles conseguirem vir. Meu pai consegue vir mais, pelo menos, umas duas, três corridas por ano e isso me ajuda muito, principalmente fora das pistas. Este ano, cheguei a ficar quase quatro meses sem vê-los e é difícil, então é muito bom quando conseguem estar por perto, me dá muito apoio.

O O Felipe Massa fez uma declaração à imprensa dizendo que gostaria de te ver um dia na Fórmula 1 e até lembrou de sua passagem pelo kartódromo da Granja Viana durante as 500 milhas que é realizada por lá. Para você, o que representa ganhar esse reconhecimento em pouco tempo de carreira?

C - Fico muito grato por ter me elogiado.  O Felipe é um cara excepcional, ele está me ajudando na carreira. Isso mostra que o nosso trabalho está na direção certa. Fico muito feliz por isso.

Ouça a matéria:

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: