Quinta, 23 de Janeiro de 2020

O Repórter

Em 2019, PM do Rio prendeu 35 mil criminosos e apreendeu mais de 8 mil armas

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 14 de janeiro de 2020 às 17:00 (Atualizada em 14 de janeiro de 2020 às 17:34)

RIO (OREPORTER.COM) - A Polícia Militar do Rio de Janeiro divulgou um balanço operacional de suas ações em 2019. De acordo com a corporação, o número de prisões e apreensões superou o de anos anteriores. No ano passado, somente a PM prendeu 35.415 criminosos e apreendeu 8.400 armas de fogo, entre as quais 505 fuzis. Além disso, foram apreendidos 5.936 adolescentes envolvidos em atividade criminosa.

Para a Polícia Militar, esses números foram fundamentais para a redução expressiva dos índices criminais mais impactantes em todo o estado. A avaliação é do Secretário de Estado de Polícia Militar do Rio de Janeiro, Comandante Geral Rogério Figueredo de Lacerda.

" Esses números fantásticos revelam o trabalho incansável da nossa tropa e explicam em grande parte a redução dos índices criminais, sejam de crimes contra a vida, sejam de crimes contra o patrimônio", eligou o Secretário Rogério Figueredo. 

Durante 2019, 5.152 operações foram realizadas pela Polícia Militar. Embora o número de operações tenha sido superior aos dos anos anteriores, o percentual de vitimização de policiais militares sofreu uma redução de 38%. 

"Isso demonstra a melhoria contínua de nossa capacidade operacional. A redução da vitimização em nossa tropa é uma prioridade absoluta do comando da Corporação. Avançamos muito. Mas ainda temos um grande desafio", observa o Secretário. 

Para o Comandante Geral, a realização diária de operações em comumidades foi fundamental para a redução da incidência criminal no estado.

"A nossa presença nessas comunidades invadidas por facções enfraquece o crime organizado e beneficia a sociedade. Essas operações frequentes dificultam a circulação dos marginais, o que impacta positivamente na redução do número de homicídios, roubos de veículos, roubos de carga e outros delitos", explicou.

Nos próximos dias, o Instituto de Segurança Pública (ISP) divulgará os índices criminais referentes a dezembro de 2019, fechando o ciclo de 12 meses do ano passado. A Polícia Militar acredita que a queda será mais expressiva. De janeiro a novembro de 2019, em comparação com o mesmo período do ano anterior, houve redução em todo o estado em crimes de homicídio (-20%), de latrocínio (-32%), de roubo de rua (-7%), de roubo de veículos (-24%) e de roubos de carga (18,5%).  

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: