Segunda, 11 de Novembro de 2019

O Repórter

Endurance: Felipe Nasr e Pipo Derani vencem as 10h de Petit Le Mans, nos EUA

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 13 de outubro de 2019 às 15:30 (Atualizada em 13 de outubro de 2019 às 16:01)
José Mario Dias/Divulgação
Eric Curran, Felipe Nasr e Pipo Derani

BRASELTON, EUA (OREPORTER.COM) - Na noite deste sábado (12), os brasileiros Felipe Nasr e Pipo Derani se sagraram campeões das 10 Horas de Petit Le Mans, prova realizada no autódromod e Road Atlanta, nos Estados Unidos, como última etapa do IMSA WeatherTech SportsCar Championship. Os dois correram ao lado do norte-americano Eric Curran.

A vitória fez a equipe Action Express Racing levar o sexto título consecutivo do Campeonato Norte-americano de Endurance (IMSA Michelin Endurance Cup), disputa que engloba as quatro provas longas da competição (24 Horas de Daytona, 12 Horas de Sebring, 6 Horas de Watkins Glen e 10 Horas de Petit Le Mans).

“Finalmente, consegui vencer aqui, em minha quarta tentativa. É incrível”, declarou Derani no pódio. “Estou muito feliz e realmente orgulhoso por fazer parte desta equipe. Gostaria de agradecer muito à Whelen, à Action Express, à Cadillac e a todos que fazem parte deste programa, além é claro da nossa equipe pelos pit stops perfeitos. Somos os campeões de Petit Le Mans!”, comemorou o jovem brasileiro, tricampeão das 12 Horas de Sebring.

Depois do novo recorde no classificatório, Nasr continuou mostrando muita velocidade na corrida e liderou as 58 primeiras voltas, antes de entregar o carro para Derani, que liderou as 78 voltas seguintes.


Carro vencedor das 10 Horas de Petit Le Mans (Foto: José Mario Dias/Divulgação)

“Estou feliz com este resultado final, por conquistar a vitória”, festejou Nasr. “Quando fiz minha transição para os protótipos no ano passado conquistamos o título e foi incrível. Antes disso, eu não conhecia nenhum outro circuito norte-americano, a não ser Daytona. Quando cheguei aqui, pensei que Road Atlanta era o lugar mais difícil para se vencer. Ter o carro em boas condições nos momentos finais é complicado. Não há margem para erros, então estou muito feliz por incluir essa vitória a minha lista”, ressaltou.

Neste ano, o trio havia vencido as 12 Horas de Sebring, além de terem feito a segunda posição nas 24 Horas de Daytona. Na temporada regular, os brasileiros ainda conquistaram pódios em Detroit e Laguna Seca.

Derani, Nasr e Curran ficaram com a segunda posição geral no campeonato da IMSA. Os campeões foram  Juan Pablo Montoya e Dane Cameron, que terminaram as 10 Horas deste sábado na quarta colocação.

Os dois brasileiros já estão confirmados na temporada 2020 do IMSA e seguem na equipe. Nas provas longas, os brasileiros terão como companheiro o português Filipe Albuquerque, que já é piloto da Action Express Racing, mas corria no #5 Mustang Sampling Cadillac DPi-V.R ao lado do compatriota João Barbosa.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: