Domingo, 28 de Novembro de 2021

O Repórter

Erupção nas Ilhas Canárias destruiu quase mil construções

Autoridades afirmam que o fenômeno não parece perto do fim

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação - 04 de outubro de 2021 às 17:33 (Atualizada em 04 de outubro de 2021 às 17:35)
EPA
O vulcão Cumbre Vieja expelindo lava durante a erupção

MADRID (ANSA) - A lava do vulcão Cumbre Vieja, nas Ilhas Canárias, atingiu cerca de 400 hectares de terra e destruiu quase mil construções, de acordo com informações da Segurança Nacional da Espanha.

Os números divulgados nesta segunda-feira (4) são os mais atualizados pelas autoridades locais, que aguardam uma melhora da visibilidade da área da erupção para permitir novas avaliações por meio de imagens de satélite.

No último domingo (3), parte do cone principal do vulcão desabou, mas o fenômeno é considerado normal por especialistas neste tipo de erupção. Segundo vulcanologistas, isso levou a um aumento considerável no fluxo de lava que sai do Cumbre Vieja.

No mesmo dia, o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, anunciou que cerca de 200 milhões de euros serão repassados para ajudar na "reconstrução" de La Palma.

O presidente do governo regional das Ilhas Canárias, Ángel Víctor Torres, afirmou que a erupção do vulcão "não parece perto do fim".

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: