Domingo, 28 de Novembro de 2021

O Repórter

'Evangelista' do Google diz que preocupar-se com número de acessos é estupidez

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação - 29 de agosto de 2013 às 13:45

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER) - Todo blog, site ou portal tem como um de seus principais objetivos o número de acessos. Mas, para o indiano Avinash Kaushik, evangelista de marketing digital do Google, diz que "preocupar-se com isso é uma estupidez".

Em entrevista à Folha de S. Paulo, Kaushik afirmou que o mais importante é ter leitores ou clientes fiéis. O profissional defende a cobrança por conteúdo na internet e destaca as estratégias adotadas pelos jornais New York Times e Folha, que vêm alcançando sucesso na rede.

"Se você tem um site, o seu retorno publicitário está relacionado com page-views. O problema, eu acho, é o que o page-view incentiva, o modelo mental que ele cria. Você pode criar o site mais estúpido. As pessoas vão acessar, mas o que você, como negócio, ganha? Quer dizer, como você faz dinheiro?"

O evangelista do Google, que tem como missão ajudar clientes a entender o marketing digital, diz ainda que jornais na internet "não lucrarão com quem aparece uma vez, mas com quem vai ao site sempre, que vai pagar. Fidelidade é o que importa".

Ao falar sobre o modelo de negócio que os sites têm que disponibilizar para atrair a publicidade ele quase profetiza. Com o tempo, anunciantes mudarão também. Verão que visitantes fiéis são um ativo dos sites porque são "premium", porque não há como encontrá-los em outro lugar".

Tags:
Google, evangelista, modelo de negócios, audiência, sites, Folha, New York Times
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: