Quarta, 08 de Dezembro de 2021

O Repórter

Feriado comprova a tendência de alta na retomada do turismo no Rio

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação - 03 de setembro de 2021 às 17:51 (Atualizada em 03 de setembro de 2021 às 17:53)
divulgação / Rogério Santana
Palácio Quintandinha, Petrópolis

RIO (OREPORTER.COM) - Com o avanço da vacinação, a retomada do turismo fluminense apresenta números animadores. Segundo levantamento da Associação de Hotéis do Rio de Janeiro (Abih-RJ), a média geral de ocupação hoteleira no interior do estado para o feriadão de 7 de Setembro é de 81%.

Pela época do ano, mais uma vez, os destinos localizados na Serra despontam como os mais procurados. Petrópolis apresenta a maior taxa, com 93% de quartos reservados, seguido de Teresópolis, com 91%, e Nova Friburgo, 83%. O Vale do Café também registra bons números: Vassouras, 89%; Valença/Conservatória, 87%; e Miguel Pereira, 75%. Itatiaia/Penedo, na região das Agulhas Negras, terá 79% dos quartos ocupados.

As cidades do litoral também registram bons índices de reservas. Entre as que apresentam a maior procura estão Angra dos Reis, com 84%, e Paraty, 81%, ambas na Costa Verde. Na Costa do Sol, as mais procuradas foram Armação dos Búzios (83)%, Cabo Frio (82%), Arraial do Cabo (81%) e Macaé (80%).

Setor turístico da capital comemora bom índice

De acordo com pesquisa do Hotéis Rio – Sindicato dos Meios de Hospedagem do Rio de Janeiro -, a ocupação hoteleira na capital, até o momento, está em 75,4%. Os bairros com maior procura são Ipanema/Leblon, que registram 92% dos quartos reservados, seguido por Flamengo/Botafogo, 85%, e Leme/Copacabana, 84%.

O presidente da Associação Brasileira da Indústria de Hotéis do Estado do Rio de Janeiro (Abih-RJ), Paulo Michel, destacou que, a partir do avanço do calendário de vacinação, os viajantes estão mais confiantes e que o feriado será de bons números para a hotelaria.

"Atribuímos este incremento na demanda também ao trabalho de promoção que vem sendo realizado com foco nos municípios do interior", concluiu.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: