Segunda, 20 de Janeiro de 2020

O Repórter

Fiscalização apreende 1.040 itens do comércio irregular em Madureira

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 10 de dezembro de 2019 às 19:39 (Atualizada em 10 de dezembro de 2019 às 19:50)
Divulgação
Equipes da Prefeitura do Rio estiveram em Madureira

RIO (OREPORTER.COM) - Agentes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), órgão da Prefeitura do Rio, fizeram ação especial de ordenamento na manhã desta terça-feira (10), em Madureira, na Zona Norte do Rio. As equipes atuaram na fiscalização do comércio, trânsito e transportes, na limpeza urbana e no acolhimento à população em situação de rua. 

De acordo com a Seop, foram apreendidos 1.040 itens com vendedores ambulantes (entre bebidas, cigarros, carrinhos, botijão de gás e outros), além de dois quilos de biscoitos. Um depósito irregular em via pública (sob a passarela de Magno) foi estourado pela equipe, com apreensão até de trituradores de tabaco e outros tipos de fumo (conhecidos como “dichavadores”). A fiscalização ocorreu em várias ruas do bairro, em especial a Rua Carvalho de Souza e imediações do Viaduto Negrão de Lima. 

Cerca de 80 quilos de frutas, comercializadas sem autorização, foram doadas à instituição Sodalício da Sacra Família.

Sete estabelecimentos foram notificados por exposição de mercadoria em área pública além do limite permitido; e oito passaram por inspeções sanitárias, que resultaram em quatro termos de intimação, dois autos de infração e uma interdição.

Foram realizadas também nove abordagens para o atendimento de moradores em situação de rua, com sete encaminhamentos a unidades de assistência social do município. As abordagens foram feitas nas ruas Carolina Machado e Carvalho de Souza

Já no trânsito, 36 veículos foram infracionados por diversas irregularidades, cinco deles removidos por estacionamento irregular.

Os agentes recolheram ainda duas toneladas de resíduos sólidos deixados em via pública, como cadeiras quebradas, isopores, geladeiras velhas usadas como depósitos de mercadorias.

A força-tarefa contou com equipes da Guarda Municipal e da Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), órgãos da própria secretaria; das coordenadorias de Controle Urbano (CCU) e de Licenciamento e Fiscalização (CLF), ligadas à Secretaria Municipal de Fazenda; das secretarias de Transportes (SMTR) e de Assistência Social e Direitos Humanos; da Subsecretaria de Vigilância Sanitária; e do 9º Batalhão da Polícia Militar.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: