Terça, 22 de Outubro de 2019

O Repórter

Flamengo vence o Vasco no Maracanã e leva o título do Cariocão

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 21 de abril de 2019 às 18:03 (Atualizada em 21 de abril de 2019 às 18:25)
Alexandre Vidal / Flamengo
O Flamengo faturou o título do Campeonato Carioca

RIO (OREPORTER.COM) - Bastante reforçado para a temporada 2019, o Flamengo cumpriu seu primeiro objetivo no ano. Neste domingo (21), a equipe rubro-negra derrotou o Vasco por 2 a 0, no Maracanã, e conquistou o título do Campeonato Carioca. Willian Arão e Vitinho foram os autores dos gols.

A equipe rubro-negra saiu ao ataque desde os primeiros momentos, demorando 15 minutos para abrir o placar. Em cobranbça de falta, Arrascaeta mandou a bola para a área após recebê-la de Pará. A redonda veio fácil para Arão, que mandou a cabeçada e colocou o Flamengo na frente.

O Vasco precisava reverter a desvantagem do jogo de ida e, naquela altura, o placar agregado já apontava 3 a 0 para o rubro-negro. Mesmo assim, o time não conseguia boas chances e ainda via o Flamengo pressionar. Foi o que aconteceu aos 27, com um contra-ataque de Diego que terminou nos pés de Gabriel Barbosa. Para a sorte do torcedor vascaíno, Fernando Miguel fez a defesa.

Aos 28, mais Flamengo. Gabriel Barbosa mandou rasteiro para Diego, que só fez o desvio para o gol. Novamente, o goleiro vascaíno impediu que o rubro-negro ampliasse.

O Flamengo manteve sua superioridade em campo, tendo as melhores chances na partida. Aos 30, Arrascaeta cobrou escanteio rasteiro, e Renê mandou a bola pelo lado de fora da rede.

A reação vascaína só veio nos 15 minutos finais de primeiro tempo. Aos 33, Diego Alves tirou a bola após cruzamento, deixando-a com Pikachu, que fez o chute. Renê tirou a redonda e evitou o empate. Dois minutos depois, Lucas Mineiro chutou mal e perdeu boa chance para o cruz-maltino.

Outra oportunidade para o Vasco veio aos 39, quando Lucas Santos chutou, a bola foi desviada e passou perto da meta adversária. A equipe cruz-maltina ainda insistiu na reta final, mas a vantagem ficou com o Flamengo no primeiro tempo.

A equipe de São Januário voltou pressionando para a segunda etapa. A primeira chance veio no minuto inicial, com um chute de Marrony para fora. Aos três, Diego Alves defendeu um chute de letra de Maxi López.

O Vasco insistiu e seguiu na ofensiva, mas quem marcou foi o Flamengo. Aos 14, Arrascaeta mandou a bola para Gabriel Barbosa, que avançou, passou por Fernando Miguel e mandou a bola para o gol. O lance, porém, foi anulado após a análise do recurso de vídeo.

Enquanto isso, o Vasco seguia desesperadamente em busca do gol. Aos 20, Maxi López chutou, mas acabou sendo parado pelo goleiro Diego Alves. O Flamengo deu a resposta aos 25, quando Gabriel Barbosa mandou a bola para a trave.

Abel Braga pôs Vitinho em campo, alteração que acabou dando certo. Aos 37, o jogador recebeu a bola de Diego, partiu em velocidade e decretou o título parao Flamengo com um forte chute. O Vasco ainda ensaiou uma pressão no fim do jogo, mas não havia mais tempo. Assim, o Flamengo levou o título do Campeonato Carioca.

O Flamengo leva o título do Campeonato Carioca pela 35ª vez em sua história. A última conquista do rubro-negro havia sido em 2017. Agora, o desafio é o Campeonato Brasileiro e a primeira partida será no dia 27, contra o Cruzeiro. No dia seguinte, o Vasco encara o Athletico.

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 x 0 VASCO

Local: Maracanã, Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Rodrigo Carvalhaes de Miranda
Assistentes: Rodrigo Figueiredo Henrique Corrêa e Luiz Cláudio Regazone
VAR: Bruno Arleu e Daniel Espírito Santo
Cartões amarelos: Diego, Gabriel, Cuéllar (FLA); Leandro Castán, Werley, Danilo Barcelos, Bruno César, Raul, Marrony (VAS)
Cartão vermelho: Werley (VAS)
Gols: Willian Arão e Vitinho (FLA)

FLAMENGO: Diego Alves, Pará, Rodrigo Caio, Léo Duarte e Renê; Cuéllar, Willian Arão e Diego; Arrascaeta (Vitinho), Gabigol (Ronaldo) e Everton Ribeiro (Lincoln). Técnico: Abel Braga

VASCO: Fernando Miguel, Raul Cáceres (Bruno César), Werley, Leandro Castán e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro, Yago Pikachu e Lucas Santos (Maxi López); Marrony e Yan Sasse (Ribamar). Técnico: Alberto Valentim

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: