Terça, 29 de Setembro de 2020

O Repórter

Fluminense consegue vitória magra sobre o Atlético-GO na Copa do Brasil

Tricolor das Laranjeiras tem a vantagem do empate para o jogo de volta

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Rafael Max - 16 de setembro de 2020 às 23:47 (Atualizada em 17 de setembro de 2020 às 01:13)
Lucas Merçon/Fluminense FC
Fluminense e Atlético-GO jogaram no Maracanã

RIO (OREPORTER.COM) - Em um jogo sem grandes emoções, o Fluminense fez apenas o básico para sair na frente contra o Atlético-GO pela quarta fase da Copa do Brasil. no Maracanã, a equipe comandada por Odair Hellmann venceu o Dragão por 1 a 0, nesta quarta-feira (16).

O time carioca começou o jogo colcoando a bola na área. Aos quatro minutos, Nino cabeceou após cobrança de escanteio, e a bola foi direto para o goleiro Jean. Outra tentativa veio aos 10, com lance de Nenê que terminou na cabeçada de Wellington Silva, mas a redonda foi para fora. 

Do lado adversáiro, o Atlético-GO tentava sair nos contra-ataques, com as jogadas puxadas por Gustavo Ferrareis. A equipe visitante só foi aparecer com algum perigo aos 30 minutos, quando Renato Kayser arrisocu um peixinho dentro da área. 

Nos minutos seguintes, o Atlético-GO fechou na marcação e tirou os espaços do Fluminense. A equipe tricolor ficava com dificuldades para armaras as jogadas, restando apenas as bolas paradas. Aos 38, Nenê cobrou falta e obrigou o goleiro Jean a trabalhar. O restante da primeira etapa foi com o Fluminense procurando espaços, enquanto que o Dragão tentava arrumar chances para o contra-ataque. Assim, o primeiro tempo ficou zerado.

O Fluminense voltou a se esbarrar na marcação do Atlético-GO durante a segunda etapa. Odair Hellmann tentava melhorar o time mudando as peças, colocando Marcos Paulo e, posteriormente, Paulo Henrique Ganso. 

Destaque mesmo ficava por conta de Luiz Henrique, que buscava invadir a área adversária. O Fluminnense, porém, falhava na construção das jogadas, e as finalizações não saíam. Já o Atlético-GO pouco fazia para sair ao ataque.

Gol mesmo só com um empurrãozinho do adversário. Aos 31, João Victor cabeceou contra o próprio gol após cobrança de escanteio e colocou o Fluminense na frente.

Na reta final do jogo, Yago Felipe ainda arriscou em busca do segundo gol. Entretanto, permaneceu a vitória magra no Maracanã.

Próximos jogos

O Fluminense larga com a vantagem do empate para o jogo de volta, marcado para o dia 24 de setembro, no Olímpico, em Goiânia. No Brasileirãso, o Tricolor das Laranjeiras encara o Sport, neste domingo (19).

FICHA TÉCNICA
FLUMINENSE 1 X 0 ATLÉTICO-GO

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Árbitro: Caio Max Augusto Vieira (RN)
Assistentes: Daniel Henrique da Silva Andrade (DF) e Jose Reinaldo Nascimento Junior (DF)
Cartões amarelos: Luccas Claro (FLU); Gustavo Ferrareis, João Victor e Renato Kayser (ACG)

GOL: João Victor (contra) (FLU)

FLUMINENSE: Muriel, Calegari, Nino, Luccas Claro e Egídio; Hudson, Dodi (André), Michel Araújo (Marcos Paulo) e Nenê (Ganso); Wellington Silva (Miguel) e Luiz Henrique (Yago Felipe). Técnico: Odair Hellmann

ATLÉTICO-GO: Jean, Dudu (Gilvan), Éder, João Victor, Natanael; Edson, Oliveira (Matheus Frizzo) e Chico (Matheus Vargas); Gustavo Ferrareis (Matheuzinho), Janderson (Hyuri) e Renato Kayser. Técnico: Vagner Mancini

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: