Terça, 22 de Outubro de 2019

O Repórter

Guns N' Roses brinda o público com show de mais de três horas no Rock in Rio

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação.. - 24 de setembro de 2017 às 04:40
Estácio de Sá/Rock in Rio
Axl Rose mostrou disposição ao ficar no palco por mais de três horas

RIO (OREPORTER.COM) - Após deixar uma impressão nada agradável na edição de 2011 do Rock in Rio, o Guns N' Roses retornou ao Palco Mundo neste sábado (23) para tentar fazer as pazes com os fãs do festival. Com a volta preciosa de Slash, que há seis anos estava em carreira solo, a banda liderada por Axl Rose testou a resistência do público e, em mais de três horas de show, mostrou uma grande distância do vexame anterior.

Embora tenha agradado a maioria, o início da apresentação de Axl chegou a assustar. Enquanto Slash impressionava com solos de guitarra precisos e cheios de criatividade, o vocalista dava claros sinais de que a potência vocal havia ficado mesmo nos anos 90. Não foram raros os momentos de desafinação. Vale ressaltar, porém, que nem tudo esteve nebuloso para o líder do grupo. O cantor demonstrou grande esforço ao correr de um lado para o outro por vários momentos, buscando sempre contato com os dois lados da plateia.

Após uma arrancada em alta vibração com sucessos como "Welcome to the jungle" e "Estrenged", aos poucos, o setlist extremamente longo foi cansando alguns espectadores, que iam desanimando e indo embora ou buscando locais mais isolados para sentar ou deitar.

Mas, conforme o tempo ia passando, as pessoas que seguiam acompanhando o Palco Mundo voltavam a entrar no clima do rock'n roll. Naquela que parecia a reta final da exibição, as notas musicais mostravam que era hora do clássico "Sweet Child O' Mine". O final era apenas impressão, já que ainda havia muita coisa para vir. A partir daí, uma nova série de hits tomou conta do ambiente, com direito até a homenagem ao cantor Chris Cornell em "Black Hole Sun".

Somente após "Nightrain", Axl, Duff McKagan e Slash retornaram para, de fato, cantar as últimas canções do repertório. E depois de caminhar por "Patience" e chegar até "Paradise City", o Guns N' Roses finalmente terminou o show quando o relógio já passava das 4h da madrugada, levando os fãs ao delírio pelo tempo de exibição e pela quantidade de músicas executadas. Eram feitas, naquele momento, as pazes com o festival.

O Rock in Rio chega ao fim neste domingo (24) com Red Hot Chili Peppers como atração principal.

Tags:
guns n roses
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: