Segunda, 11 de Novembro de 2019

O Repórter

Johnny Walker, Jennifer Maia e Vicente Luque perdem no UFC 244

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 03 de novembro de 2019 às 10:30 (Atualizada em 03 de novembro de 2019 às 11:48)
Divulgação/UFC
Johnny Walker perdeu para Corey Anderson

NOVA YORK, EUA (OREPORTER.COM) - Três brasileiros participaram do UFC 244, realizado neste sábado (2), no Madison Square Garden, em Nova York. No card preliminar, Johnny Walker acabou nocauteado por Corey Anderson, enquanto que Jennifer Maia perdeu para Katlyn Chookagian; no principal, Vicente Luque perdeu para Stephen Thompson.

Walker fechou o card preliminar diante do americano Corey Anderson, pelos meio-pesados. O brasileiro viu o oponente apostar na curta distância, conseguindo bons golpes. Após uma forte sequência, Walker caiu no solo. Ele chegou a se levantar, mas outros dois golpes duros detonaram o brasileiro de uma vez, fazendo o árbitro decretar o nocaute. O duelo durou dois minutos e sete segundos.

É a primeira derrota de Walker no UFC, além de ser o primeiro revés após uma sequência de nove triunfos na carreira. O brasileiro agora tem  17 vitórias e quatro derrotas.

Vicente Luque perde após três rounds

No card principal, Vicente Luque sustentava uma sequência de seis vitórias na carreira. Diante de Stephen Thompson, ele levou desvantagem na trocação e perdeu por decisão unânime (30–26, 30–26, 29–27) pela categoria dos meio-médios.

Luque começou bem conseguindo um golpe na linha de cintura, além de encurralar o oponente com uma sequência de socos. O brasileiro voltou a golpear no segundo assalto, enquanto que o oponente usava os chutes. Foi nessa estratégia que Thompson conseguiu crescer, derrubando o brasileiro com um chute no peito. A partir daí, o americano consectou golpes mais eficientes, levando vantagem na luta. Dessa forma, Luque terminou o segundo assalto com ferimentos no rosto.

No terceiro assalto, Luque caiu mais duas vezes após um chute e um golpe de esquerda. O americano conseguia golpes mais duros, enquanto que o brasileiro mantinha-se em pé e levou o duelo até o fim.

Agora, Vicente Luque possui 17 vitórias, sete derrotas e um empate na carreira.

Jennifer Maia é derrotada

Pela categoria feminina dos moscas, Jennifer Maia perdeu para Katlyn Chookagian durante o card preliminar. A brasileira até tentou demonstrar agressividade, mas viu a americana conectar bons chutes, garantindo os pontos. No terceiro round, a brasileira ainda buscou a luta agarrada e levar o o solo, o que não foi suficiente para faturar a vitória. A vitória ficou por triplo 29-28.

Vitória com título simbólico

A luta principal não valia cinturão oficial do Ultimate Fighting Championship, mas nem por isso deixou de ser um atrativo. Os americanos Jorge Masvidal e Nate Diaz lutaram pela categoria meio-médios pelo cinturão simbólico "baddest motherfucker" (‘BMF’), algo como o mais "casca grossa" do UFC. A vitória ficou com Masvidal, que recebeu o título das mão de Dwayne "The Rock" Johnson, estrela da WWE.


Masvidal recebeu um título simbólico do UFC (Foto: Divulgação/UFC)

Masvidal começou bem, desferindo duas cotoveladas e um forte chute para cima do oponente. Quando Diaz tentou reagir, Masvidal manteve o oponente junto às grades.

O segundo round seguiu no mesmo panorama, com Masvidal aplicando fortes golpes, com clara vantagem no duelo em pé. No terceiro, Diaz voltou a aguentar os golpes do oponente, indo até o fim. No intervalo para o quarto round, a equipe médica avaliou o corte no supercílio de Diaz e decidiu que ele não tinha mais condições de luta. Assim, o árbitro teve que decretar o nocaute técnico.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: