Quarta, 01 de Dezembro de 2021

O Repórter

Nossa Senhora destrói as diferenças

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 06 de outubro de 2020 às 11:42 (Atualizada em 06 de outubro de 2020 às 12:43)

Por Monsenhor Jonas Abib*

A imagem de Nossa Senhora Aparecida aparece nas águas do rio Paraíba, e o lindíssimo: aparece de cor negra. Ela foi a porta para o Filho do Altíssimo entrar. É aquela que destrói as diferenças, fazendo-se a diferença. Sim, quando Ela se faz negra, asiática, indígena, ela quebra paradigmas e, em cada lugar, se apresenta de maneira diferente para se assemelhar. Com mil nomes, formas, imagens, pinturas e maneiras de se apresentar, é a mesma Maria.

Já notou que ninguém é igual? Mesmo nós, brasileiros, temos nossas diferenças, e somos totalmente diferentes dos japoneses, dos chineses, de outros asiáticos, dos indígenas do México, dos nossos irmãos da Índia, do polo norte...

Infelizmente se olharmos as guerras, o terrorismo, tudo isso surgiu por causa das diferenças. O que mais nos separa são as nossas diferenças...  E Maria vem destruir as diferenças, se fazendo diferente.

Como exemplo: Nossa Senhora Aparecida foi colhida no rio Paraíba, uma imagenzinha de cor negra, porque naqueles tempos se vivia o horror da escravatura. Os senhores das fazendas, dos cafezais, dos canaviais, dos engenhos, escolhiam as negras mais lindas para serem suas mucamas, usadas e abusadas sexualmente. Vergonhosamente, na cara da família!

Por isso, Nossa Senhora apareceu nas águas do rio Paraíba semelhante a uma delas. Até o aspecto dela é de uma moça da cor negra, como que dizendo: “Minhas filhas, eu não concordo de maneira alguma com aquilo que fazem com vocês, eu sofro com vocês. E para acabar com essa maldita diferença, eu me faço como uma de vocês”. 

Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib

*Fundador da Comunidade Canção Nova, presidente da Fundação João Paulo II, mantenedora do Sistema Canção Nova de Comunicação, em Cachoeira Paulista (SP) e reitor do Santuário do Pai das Misericórdias. É um dos religiosos que mais se destacou utilizando os meios de comunicação na ação evangelizadora da Igreja Católica, na América Latina. Autor de 57 livros, CDs e DVDs, além de várias palestras em áudio e vídeo.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: