Sábado, 04 de Julho de 2020

O Repórter

José Aldo e Renan Barão se preparam para defender seus cinturões no UFC

Lutadores brasileiros subirão no octógono neste sábado

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 27 de janeiro de 2014 às 22:25

RIO DE JANEIRO (O REPÓRTER) - José Aldo e Renan Barão estão nos preparativos finais para o UFC 169, que será realizado neste sábado (1/02), em Newark. Os dois embarcaram nesta segunda-feira (27) para os Estados Unidos.

Os dois lutadores defenderão seus títulos do Ultimate Fighting Championship neste sábado. Barão colocará o cinturão dos galos em jogo contra Urijah Faber, enquanto Aldo defenderá o título dos leves contra Ricardo Lamas.

Barão e Aldo passaram os últimos três meses treinando ao lado de André Pederneiras na academia Nova União, no Rio de Janeiro. Após o período de treinos, os dois já se sentem preparados para os duelos.

“Aqui (na Nova União) é treino duro sempre e não tem moleza. O pior já está passando. Agora, é bater o peso e entrar lá pra fazer o que eu gosto e o que sei fazer bem”, disse Barão.

“Fico muito feliz de poder contar com o melhor treinador e com a melhor equipe do mundo. O Dedé sabe lidar com os atletas e na Nova União não tem egoísmo ou vaidade. Somos todos iguais, ninguém é diferente de ninguém”, contou Aldo.

Barão lutaria contra Dominick Cruz pela unificação do título dos galos, mas o adversário se lesionou e foi escolhido um novo adversário. Por causa disso, o brasileiro deixou de ser considerado o campeão interino, passando a ser o detentor oficial do cinturão.

“Eu fiquei muito feliz quando recebi a confirmação. Eu e minha equipe já esperávamos por isso há bastante tempo”, disse Renan, que também falou sobre uma possível pressão: “Não sinto pressão a mais por isso. Eu já estava mesmo para unificar o cinturão, então não tem nada extra por já ser campeão linear. Agora é trabalhar para manter o título comigo e com o Brasil por bastante tempo”.

Com um novo adversário, Barão teve que mudar o ritmo de treinamentos. O campeão falou sobre o que mudou após a escolha de Urijah Faber.

“Tivemos que ajustar um pouco os treinos. O Urijah é mais lento, mas é mais forte que o Dominick. Ele aguenta bastante a luta em pé”, contou.

Por sua vez, José Aldo busca a sétima vitória como detentor do título dos penas do UFC. O lutador lembrou a dificuldade de manter o título.

“Estar ainda no topo e disputando mais uma vez o cinturão representa poder entrar no octógono e fazer mais uma vez o que eu gosto de fazer. É poder mostrar meu trabalho e ser cada vez mais feliz. Dessa forma, vou conseguir realizar todos os meus objetivos”, contou.

Aldo afirmou que respeita Lamas fora do octógono. Entretanto, ele fez questão de mostrar confiança em sua rotina de treinamentos e na estratégia traçada por sua equipe.

“É difícil prever as dificuldades que posso encontrar nessa luta. Ele tem as qualidades dele, mas o respeito fica fora do octógono. Lá dentro, vou fazer o meu melhor e vou vencer”, afirmou.

Tags:
José Aldo, Renan Barão
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: