Domingo, 28 de Novembro de 2021

O Repórter

Joyce Oliveira disputa oitavas no tênis de mesa esta noite em Tóquio

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação.. - 26 de agosto de 2021 às 16:14 (Atualizada em 26 de agosto de 2021 às 16:15)
Agência Brasil

TÓQUIO, JPN (Agência Brasil) - Os primeiros mesatenistas brasileiros classificados para as fases finais do tênis de mesa na Paralimpíada de Tóquio (Japão) entram em ação na noite desta quinta-feira (26). A paulista Joyce Oliveira  enfrenta às 23h (horário de Brasília) a indiana Bhavinaben Patal, pelas oitavas de final da classe 4 (cadeirantes). A mesatenista se classificou esta manhã, em segundo lugar do Grupo D, após derrotar a jordaniana Faten Elelimat, por 3 sets a 0 (11/7, 11/9 e 11/7).

Nos primeiros minutos da madrugada desta sexta-feira (27) será a vez Cátia Oliveira duelar nas quartas com a italiana Giada Rossi. As mesatenistas das classes 1-2 (cadeirantes) buscam uma vaga na semifinal feminina a partir de 0h20, no Ginásio Metropolitano de Tóquio, na capital japonesa. Apesar da derrota na noite de ontem (25), a mesatenista avançou após o fechamento das rodadas do Grupo D nesta quinta (26).

Classificado na manhã de hoje (26) para as oitavas , o paulista Israel Stroh completa a rodada da fase de grupos da classe 7 (andantes), para logo mais, às 23h, contra o adversário será o australiano Jake Ballestrine. O jogo é válido pelo Grupo E. 

Após estreia com vitória ontem (25), Stroh voltou a ganhar nesta manhã, e de virada: bateu o egípcio Sayde Youssef por 3 sets a 1 (11/5,11/8, 11/7 e 11/7). 

““É um campeonato muito duro. Cada jogo tem de estar preparado para muita dificuldade e detalhes extras. Essa classificação é uma continuação do trabalho, vamos ser precavidos e atentos, porque é muito difícil, temos de estar sempre 100% para os jogos, hoje eu consegui ser assim, por isso consegui ir bem. Mas é importante segurar a euforia, que é uma coisa que eu faço sempre, e estar pronto para dar o melhor na próxima”, disse Stroh, em depoimento à Confederação Brasileira de Tênis de Mesa (CBTM).

Bruna Alexandre sobra na estreia

Medalhista na Rio 2016 (dois bronzes, no individual e por equipes), a catarinense Bruna Alexandre fez uma estreia arrebatadora na manhã desta quinta (26) contra a australiana Melissa Tapper, em jogo da classe 10 (andante) no grupo B. Em apenas 16 minutos a brasileira fez 3 sets a 0 (11/7, 11/2 e 11/6). O resultado garante Bruna Alexandre nas quartas de finas, mesmo se perder na última rodada, programada para às 4h desta sexta (27), contra Tzu Yu Lin. 

“A gente [Bruna e a australiana] se conhece há muitos anos e a última vez que perdi para ela foi na Paralimpíada de Londres (2012). Eu tive uma derrota bem sofrida, pois estava vencendo por 2 a 0. Nesses últimos anos, eu consegui evoluir bastante e, hoje, eu consegui jogar bem em cima da mesa, o que foi crucial para eu vencê-la”, avaliou Bruna após o jogo. 

Embora tenha perdido o duelo desta manhã para o tailandês Yuttajak Glinbancheun por 3 a 0, em jogo pelo Grupo E classe 3 (cadeirantes), o cearense Davi Freitas também  já está assegurado nas oitavas. Ele conclui a última rodada da chave logo mais, às 23h40, contra o francês Florian Merrien. 

A manhã também foi boa para o paulista Carlos Carbinatti. Ele se recuperou do revés na estreia e venceu hoje o sul-africano Theo Cogill, por 3 a 0 (11/8, 14/12 e 11/5), em jogo válido pelo Grupo D, classe 10 (andantes). O brasileiro vai em busca por uma vaga nas quartas contra o austríaco Krisztian Gardos, em partida programada para 1h40 desta sexta (27). 

Outros resultados

O paulista Paulo Salmin, de 28 anos, foi superado nesta madrugada pelo chinês Yan Shuo, por 3 sets a 0 (11/2, 11/9 e 11/2, em jogo válido pelo Grupo A da classe 7 (andantes).

Natural de Mogi Mirim (SP), Luiz Filipe Manara se despediu das disputas individuais ao perder a segunda partida seguida. Nesta manhã, o paulista foi batido pelo chinês Yan Shuo, por 3 sets a 0 (11/2, 11/9 e 11/2), em partida do Grupo A classe 7 (andantes).

A manhã também não foi boa para Marliane Santos da classe 3 (cadeirantes), superada pela eslovaca Alena Kanova, por 3 sets 0 (14/12, 11/5 e 11/7), no Grupo C.

E na última partida da manhã de hoje (26), quem também deu adeus à competição individual foi a paulista Jennifer Parinos, da classe 9 (andantes). A mesatenista perdeu por 3 sets a 1 (11/9, 11/4, 9/11 e 11/5) para a número 2 do mundo, a polonesa Karolina Pek.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: