Domingo, 17 de Outubro de 2021

O Repórter

Judô: Natasha Ferreira comemora quinto lugar no Grand Prix de Zagreb

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 24 de setembro de 2021 às 20:43 (Atualizada em 24 de setembro de 2021 às 23:29)
Gabriela Sabau/IJF
Natasha Ferreira (azul) na disputa pelo bronze do Grand Prix de Zagreb.

ZAGREB, CRO (OREPORTER.COM) - O Brasil disputa o Grand Prix de Zagreb de Judô, na Croácia, apostando em uma equipe de jovens talentos. Em sua segunda participação em etapas sênior do Circuito Mundial, Natasha Ferreira fez um grande desmepenho ao terminar em quinto lugar nesta sexta-feira (240, pela categoria ligeiro (até 48kg).

Depois de passar pelas preliminares com vitórias seguras sobre Lois Petit, da Bélgica, e Katharina Tanzer, da Áustria, a brasileira caiu na semifinal diante da francesa Melanie Vieu. O resultado deixou a brasileira na disputa pela medalha de bronze, mas ela perdeu para a holandesa Gersjes Amber.

Essa foi a primeira competição de Natasha Ferreira com a seleção principal desde que subiu da classe Sub-21 para a Sênior. Em 2019, ela integrou a equipe júnior do Brasil que lutou o Grand Slam de Brasília, em sua primeira experiência em eventos desse nível.

“Depois do início da pandemia, eu não tive oportunidade de participar de competições sênior nem no Brasil. Mas, me dediquei ao máximo nos treinamentos de campo e sempre mantive o foco na minha preparação”, disse a brasileira, de 22 anos.

“Faltou pouco para a medalha. (Do júnior para o sênior) Não senti tanto na força e na preparação física, mas talvez, a maior diferença seja a parte da experiência, que foi o que eu senti. Vim para Zagreb com o objetivo de medalhar. Infelizmente, a medalha não veio. Mas, acredito que tenha sido uma boa estreia em Grand Prix e já senti uma evolução do Grand Slam de Brasília que lutei quando ainda era Sub-21. Minha maior motivação é alcançar a vaga olímpica de Paris, em 2024, e treino todos os dias pensando nisso. Quero chegar nos pódios o quanto antes”, completou.

O Brasil ainda teve outros dois atletas em ação no primeiro dia de Zagreb. Matheus Takaki (60kg) parou no waza-ari do esloveno David Starkel, enquanto Yasmim Lima (52kg) caiu para a russa Alesya Kusnetsova por ippon.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: