Quarta, 08 de Dezembro de 2021

O Repórter

Junior Cigano é nocauteado por Jairzinho Rozenstruik no UFC 252

Na luta principal, Stipe Miocic mantém cinturão ao vencer Daniel Cormier

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 16 de agosto de 2020 às 07:00 (Atualizada em 16 de agosto de 2020 às 14:03)
Divulgação/UFC
Cigano perdeu para Jairzinho Rozenstruik no UFC 252

LAS VEGAS, EUA (OREPORTER.COM) - Junior Cigano até que começou bem, mas não resistiu e acabou nocauteado por Jairzinho Rozenstruik, no UFC 252. O surinamês nocauteou no segundo assalto, fazendo o brasileiro amargar a terceira derrota seguida na carreira. O evento ainda teve a vitória de Stipe Miocic sobre Daniel Cormier, que manteve o título dos pesados da organização. 

A luta foi válida pela categoria dos pesados. Cigano apostou nos chutes e nos movimentos de boxe, enquanto que o surinamês buscava se defender. Jairzinho ainda conseguiu uma sequência de socos na reta final do primeiro round. 

Cigano se movimentava bem no segundo assalto, mas o Jairzinho passou a encurtar a distância e foi mais efetivo. Um forte golpe de direita derrubou o brasileiro. Cigano ainda tentou se recuperar, só que o surinamês consgeuiu outro golpe que fez o árbitro interromper o duelo aos 3 minutos e 47 segundos.

O resultado deste sábado fez Rozenstruik se recuperar da derrota sofrida contra Francis Ngannou, em maio deste ano. O surinamês tem 11 vitórias e apenas uma derrota na organização.

Stipe Miocic vence na luta principal

Stipe Miocic colocou o seu cinturão dos pesados em jogo na luta principal do UFC 252. Ele encarou Daniel Cormier e desempatou a trilogia, vencendo por decisão unânime dos jurados. O duelo amrcou o encerramento da carreira de Cormier, de 41 anos.

Miocic venceu no UFC 252 (Foto: Divulgação)

No primeiro round, Miocic trabalhou seus golpes na busca da manutenção do título. Cormier, por sua vez, conseguiu um forte golpe na reta final do assalto.

Miocic voltou com o boxe afiado para o segundo round e ainda quase nocauteou o desafiante na reta final. O campeão manteve a inciativa no terceiro assalto, enquanro que Cormier já apresentava um inchaço no olho esquerdo. No quarto assalto, Miocic seguiu bom vantagem no boxe. 

O quinto e último assalto teve Miocic colocando Cormier contra as grades. Assim, o campeão seguiu em vantagem e venceu por decisão unânime (49–46, 49–46, 48–47).

Brasileiros

Mais três brasileiros lutaram no UFC 252. Herbert Burns lutou no card principal, mas o americano Daniel Pineda onseguiu um nocaute técnico aos 4m37s do segundo round e venceu o duelo, válido pela categoria dos penas.

As vitórias brasileiras vieram no card preliminar, Virna Jandiroba aplicou o seu jiu-jitsu e finalizou Felice Herrig com 1 minuto e 44 segundos de luta, após uma chave de braço. Já Livinha Souza derrotou Ashley Yoder por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27). Ambos os duelos foram válidos pela categoria dos palhas.

Todos os resultados

CARD PRINCIPAL

Stipe Miocic venceu Daniel Cormier por decisão unânime do júri (49-46, 49-46 e 48-47)

Marlon Vera venceu Sean O´Malley por nocaute técnico aos 4m40s do 1º round

Jairzinho Rozenstruik venceu Junior Cigano por nocaute técnico aos 3m47s do 2º round

Daniel Pineda venceu Herbert Burns por nocaute técnico aos 4m37s do 2º round

Merab Dvalishvili venceu John Dodson por decisão unânime (triplo 30-27)

CARD PRELIMINAR

Vinc Pichel venceu Jim Miller por decisão unânime (29-28, 29-28 e 29-27)

Virna Jandiroba venceu Felice Herrig por finalização a 1m44s do 1º round

Danny Chavez venceu TJ Brown por decisão unânime (triplo 29-28)

Livinha Souza venceu Ashley Yoder por decisão unânime (29-28, 29-28 e 30-27)

Chris Daukaus venceu Parker Porter por nocaute técnico aos 4m28s do 1º round

Kai Kamaka III venceu Tony Kelley por decisão unânime (triplo 29-28)

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: