Domingo, 18 de Agosto de 2019

O Repórter

Lucas di Grassi termina na 3ª posição geral na Fórmula E

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 14 de julho de 2019 às 23:00
Audi Motorsport
Di Grassi não conquistou o título da temporada

NOVA YORK, EUA (OREPORTER.COM) - O brasileiro Lucas di Grassi bem que tentou, mas ficou sem o título da temporada 2018-19 da Fórmula E. Com um quinto lugar e um abandono na etapa de Nova York, nos Estados Unidos, ele ficou na terceira colocação geral.

Di Grassi disputava o título contra o francês Jean-Eric Vergne. A primeira prova, no sábado, foi ótima para o brasileiro, que terminou em quinto, enquanto o rival sequer pontuou ao terminar em 15º - a vitória ficou com Sebastian Buemi, enquanto que brasileiro Feliepe Massa terminou em 16º.

Na segunda prova, neste domingo, Di Grassi lutava por um quinto lugar, mas foi tirado da prova pelo neozelandês Mitch Evans, que jogou o brasileiro no muro ao tentar uma ultrapassagem. O rival acabou penalizado pela manobra.

A vitória ficou com Robin Frijns. Vergne ficou em sétimo e faturou o título da temporada ao finalizar com 136 pontos. Sebastien Buemi ficou em terceiro na corrida de domingo e garantiu a segunda posição geral, com 119 pontos. Alexander Sims terminou em segundo lugar na corrida.

Lucas Di Grassi terminou com 108 e na terceira posição. Felipe Massa foi o 15º na corrida e fez 36 ponto em toda a temporada.

“Nosso maior problema este ano foi que o desempenho oscilou muito ao longo das etapas. Precisamos solucionar isso para o ano que vem. Este foi o primeiro ano com esta nova geração do carro da Fórmula E e, em um balanço geral, certamente poderíamos ter ido melhor. Mas temos uma boa base para começar a trabalhar para a próxima temporada. Estar entre os três primeiros em todas os campeonatos é um ótimo índice. Vamos mantê-lo no ano que vem”, disse Di Grassi.

Vergne festejou a conquista. "Eu não poderia estar mais orgulhoso do meu time. No ano passado, fizemos um trabalho incrível, sendo uma equipe que ficou privada de dias de teste, com muito pouco recurso. Este ano houve mais tempo para trabalhar com sucesso em equipe. No final, fizemos um ótimo trabalho e estou muito orgulhoso. Isso aumentará a confiança da equipe na próxima temporada e acredito que estou na melhor equipe de Fórmula E e continuaremos trabalhando para que isso continue assim", declarou.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: