Domingo, 24 de Outubro de 2021

O Repórter

Lula mantém liderança para Presidência em 2022, mostra Ipec

Petista tem um percentual maior que soma dos demais candidatos

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação - 23 de setembro de 2021 às 11:05 (Atualizada em 23 de setembro de 2021 às 11:06)
EPA
Lula tem mais do que a soma dos percentuais dos possíveis candidatos à Presidência nos dois cenários

SÃO PAULO (ANSA) - Em uma nova pesquisa de intenção de votos para as eleições presidenciais de 2022, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva se mantém como líder absoluto na disputa, mostrou o Inteligência em Pesquisa e Consultoria (Ipec) nesta quarta-feira (22).

O instituto realizou dois cenários possíveis para o pleito e, em ambos, Lula tem um percentual maior do que a soma dos demais candidatos citados.

No primeiro cenário, Lula (PT) tem 48% das intenções de voto, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) tem 23%, Ciro Gomes (PDT) tem 8%, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), tem 3% e o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta (DEM) tem 3%.

Brancos e nulos somaram 10% e não sabem ou não responderam totalizam 4%.

O Ipec divulgou que na comparação com o levantamento anterior, realizado em junho, o petista mantém 11pontos percentuais de vantagem e poderia vencer já no primeiro turno do pleito.

O segundo cenário inclui mais possíveis candidatos à disputa, com Lula liderando com 45% na margem de erro para vencer no primeiro turno. Bolsonaro aparece com 22%, seguido por Ciro (6%), o ex-ministro da Justiça Sergio Moro (5%), o apresentador José Luiz Datena (3%), Doria (2%), Mandetta (1%) e os senadores Rodrigo Pacheco (DEM), com 1%, Alessandro Vieira (Cidadania), com 0%, e Simone Tebet (MDB), com 0%. Brancos e nulos somam 9% e não sabe/não respondeu contabiliza 5%.

O levantamento do Ipec, que foi criado após o fim do Ibope Inteligência, ouviu 2.002 pessoas entre os dias 16 e 20 de setembro em 141 municípios. A margem de erro é de 2 pontos percentuais para mais ou para menos.

Avaliação de Bolsonaro

O Ipec também fez uma pesquisa de opinião para saber a avaliação dos brasileiros do governo Bolsonaro. Para 53%, é ruim ou péssimo; regular somam 23% e ótimo ou bom é de 22%. Não sabem ou não responderam somaram 1%.

A forma de governar foi desaprovada por 68% dos entrevistados e aprovada por 28%. Outros 4% não responderam ou não sabiam.

O percentual é semelhante para a pergunta se a pessoa confia no presidente: 28% confia, 69% não confia e 3% não sabe/não respondeu.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: