Sábado, 21 de Setembro de 2019

O Repórter

MMA: Dayana Silva leva o cinturão dos galos do Shooto Brasil

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 07 de setembro de 2019 às 13:30
Marcell Fagundes/Divulgação
Dayana venceu Sidy na decisão dos jurados

RIO (OREPORTER.COM) - Realizado na noite desta sexta-feira (6), o Shooto Brasil 95 trouxe como principal resultado a vitória de Dayana Silva sobre Sidy Rocha pelo título feminino dos galos da organização. Já na co-lyta principal da noite, Luan Danger e Marcone Muniz fizeram uma luta equilibrada pelo título dos super-moscas (até 59kg), o que fez a luta terminar empatada e o título ficar vago.

Na luta principal, Dayana e Sidy lyaram pelo cinturão que ficou vago com a ida da ex-campeã Lara Procopio para o UFC. O duelo começou movimentado, com Sidy partindo para cima e Dayane buscando o contra- golpe. No segundo round, as duas continuaram se movimentando muito, com Dayana andando para frente e passando a tomar conta do octógono. Nos cinco minutos finais, Dayana continuo melhor na luta e só controlou para não se colocar em perigo e garantir título dos galos feminino por decisão unânime. 

Luan Danger e Marcone Muniz fizeram o co-main da noite com o título peso-mosca em disputa. E o duelo começou bem equilibrado, com Muniz levando a melhor na luta de chão e buscando a finalização a todo instante. No segundo round a luta continuou desenrolada no chão, com o Luan um pouco melhor até conectar um golpe ilegal, perder um ponto e ver Muniz retomar as rédeas do combate.Luan tentou reverter o resultado durante o último round, e quando a vitória parecia clara para Muniz, um novo golpe ilegal, dessa vez contra ele, o fez perder um ponto e igualar a luta. Ao fim do duelo, veio o resultado por empate majoriário, e o título ficou vago.

Outro destaque foi a vitória de Rangel de Sá, que nocauteou Caio Cocão em apenas 15 segundos de luta. 

Resultados

Dayana Silva venceu Sidy Rocha por decisão unânime

A luta entre Luan Danger e Marcone Muniz terminou em empate majoritário

Rangel de Sá venceu Caio Cocão por nocaute aos 15seg do primeiro round

Fernando Tourinho venceu Daniel Ribeiro por decisão unânime

Eddy Silva venceu Nico Barna por decisão unânime

Clemente Soto Jr venceu Ugo Monstro por decisão unânime

Felipe Queiroz finalizou Lucas "Xaropinho" com um mata-leão aos 2min e 16seg do primeiro round

Edna Oliveira venceu Evelin Gomes por decisão unânime

Antonio Eduardo finalizou Márcio Kick com um mata-leão aos 3min e 48seg do primeiro round

Felipe Oliveira venceu Léo Jason por decisão unânime

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: