Terça, 20 de Outubro de 2020

O Repórter

Mackenzie Dern e Johnny Walker vencem desafios no UFC

Colby Covington vence duelo principal contra Tyron Woodley

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação... - 20 de setembro de 2020 às 01:31 (Atualizada em 20 de setembro de 2020 às 01:53)
Divulgação/UFC
Mackenzie Dern finalizou no UFC

LAS VEGAS, EUA (OREPORTER.COM) - Dois brasileiros estiveram no card principal do UFC Fight Night 178, realizado na notie deste sábado (19), em Las Vegas. Mackenzie Dern derrotou a canadense Randa Markos, enquanto que Johnny Walker passou por Ryan Spann.

Dern deu uma verdadeira aula de jiu-jitsu no duelo contra Markos. Ela demorou 3 minutos e 44 segundos para fechar a luta, tendo um grande desmepenho no solo. A brasileira esteve por baixo, mas consgeuiu inverter e pegou o braço da adversária, encaixando uma justa chave para vencer por finalização.

Esta foi a quinta luta de Mackenzie Dern no Ultimate Fighting Championship. A brasileira conquistou sua quarta vitória, sendo a segunda seguida na entidade.

Outro destaque foi Johnny Walker, que encarou o americano Ryan Spann. O oponente chegou a colocar o brasileiro para o solo, mas Walker se recuperou e foi superior quando teve a oportunidade para trocar golpes. Ao conseguir uma boa sequência, Walker venceu por nocaute aos 2 minutos e 43 segundos do primeiro round.

Johnny Walker volta a vencer após duas derrotas seguidas. No UFC, o brasileiro tem quatro vitórias e duas derrotas.

Johnny Walker venceu por nocaute (Foto: Divulgação/UFC)

Destaques

A luta principal foi entra dois grandes nomes da categoria dos meio-médios. Quem se deu bem foi Colby Covington, ex-desafiante da categoria e ex-campeão interino, que derrotou Tyron Woodley, ex-campeão, por nocaute, no quinto assalto.

Covington começou a luta mandando chutes altos, mas o duelo foi equilibrado no primeiro round. No segundo assalto, Covington tentou tomar a iniciativa, enquanto que Woodley seguia próximo das grades. O terceiro assalto seguiu com panorama parecido.

No quarto assalto, Covington conseguiu um chute na linha de cintura. Depois, ele derrubou Woodley e ficou por cima no solo. No quinto assalto, Covington encurtou a distância e derrubou o oponente. No solo, Woodley reclamou de dor na costela, o que fez o árbitro interromper a luta, decretando o nocaute.

Colby Covington venceu no UFC (Foto: Divulgação)

O evento também teve a presença do veterano Donald Cerrone, que encarou Niko Price. O duelo acabou terminando com  empate majoritário, sendo que um dos jurados deu a vitória para Cerrone (29–27, 28–28, 28–28).  

No card preliminar, a brasileira Mayra Sheetara derrotou a italiana Mara Romero Borella por finalização no primeiro assalto.

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: