Terça, 12 de Novembro de 2019

O Repórter

Macri imita slogan de Obama para buscar reeleição

  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Redação - 29 de setembro de 2019 às 14:14 (Atualizada em 29 de setembro de 2019 às 14:16)
EPA
Mauricio Macri lança campanha pela reeleição com ato em Buenos Aires

BUENOS AIRES (ANSA) - O presidente da Argentina, Mauricio Macri, iniciou oficialmente neste sábado (28), em Buenos Aires, sua campanha pela reeleição com o slogan "Sí se puede" ("Sim, é possível"), que remete ao "Yes, we can" de Barack Obama.

Após quatro anos de um mandato marcado por crescimento do desemprego, crise cambial e empréstimos do Fundo Monetário Internacional (FMI), o mandatário liberal entrou na corrida das eleições de 27 de outubro em desvantagem.

Nas primárias de 11 de agosto, o presidente obteve 31,80% dos votos e ficou 16 pontos atrás do peronista Alberto Fernández (47,79%), ex-chefe de Gabinete de Cristina e Néstor Kirchner. Algumas pesquisas indicam que o opositor pode até vencer no primeiro turno, mas Macri tenta mostrar que é possível reverter o cenário.

Sua campanha teve início em um comício no bairro residencial de Belgrano. "O fato de vocês estarem aqui tem um grande significado, porque quer dizer que compartilhamos o enorme amor por este país", disse Macri ao público, prometendo um governo "diferente" caso seja reeleito.

"Agora chegarão o crescimento, o emprego, a melhora dos salários e um alívio para o bolso", declarou. Nas próximas semanas, o presidente visitará as principais cidades argentinas para tentar reduzir a vantagem de Fernández, que assumiu o lugar de Cristina Kirchner, ré por corrupção, na cabeça da chapa peronista.

O opositor iniciou sua campanha em um estádio em Salta, no norte do país, e pediu "união da sociedade para enfrentar os duros desafios" para recuperar a economia argentina.

Tags:
Mauricio Macri
  • Compartilhar
  • Compartilhar por e-mail
  • Reportar um erro
Deixe seu comentário
Mensagem: